sábado, 29 de fevereiro de 2020

Qual o problema do presidente convocar o povo? - Rafael Brasil

Resultado de imagem para general heleno e o foda-se


A gritaria e o show de fake news da imprensa e das classes falantes nativas é simplesmente ridículo, na sua ânsia de desqualificar o presidente e seus seguidores como fascistas ou mesmo proto fascistas. 
Dizem que o presidente desrespeita às instituições democráticas, desrespeitando o parlamento, basilar da democracia, atropela os poderes, inclusive o judiciário, até o juizinho de merda Celso de Mello disse que o presidente estaria desqualificado para o cargo, e outras bobagens do gênero. 
Que o presidente está ajudando a destruir a amazônia, os índios, a educação e as minorias como negros homossexuais e o escambau. Tudo mentira, e desespero de quem perdeu a eleição e o pior: o discurso fajuto que levou o país aos piores níveis educacionais, a queda total da cultura, e aos cerca de 60 mil assassinatos por ano, agora justamente em ponto de inflexão, dado que estes índices caíram cerca de 20% no primeiro ano de governo, mesmo com total boicote do parlamento, mídia e as mesmas classes pensantes, os professores acadêmicos, dentre outros.
Convocar o povo , sobretudo seus eleitores faz parte do jogo democrático, afinal democracia é povo nas ruas. E o presidente nem convocou, a população, diante da possibilidade de golpe parlamentarista, com um parlamento odiado pelo povo, digamos, se auto convocou, com a indignação do general Heleno com as chantagens do parlamento de tirar dinheiro do povo, acintosamente atropelando as atribuições do poder executivo.
O presidente deveria mesmo ir à televisão em rede nacional esclarecer e denunciar estas podres manobras do parlamento, apontando para uma ampla discussão de uma verdadeira reforma política.
Afinal, nunca na história do país um presidente legitimamente eleito pelo povo, e que está querendo realmente reformar o país, foi tão achincalhado pela mídia e todos os setores do establishment podre que desde sempre comanda e oprime à nação.
Afinal ninguém é contra a democracia e o parlamento, mas os absurdos que estão fazendo com nossas instituições democráticas. Afinal são eles que estão querendo desmoralizar ainda mais nossas frágeis e podres instituições ditas democráticas.
É hora de enfrentamento mesmo. Que o povo vá e com força às ruas, mostrando toda sua indignação contra essa gente, mais do que podre, contra o povo e a nação. FODAM-SE MESMO!

Celso de Mello, juízinho de merda, diz que Bolsonaro não está à altura do cargo - Rafael Brasil

Resultado de imagem para charges do stf corrupto



     Celso de Mello, nomeado por Sarney, chamado pelo ex ministro do capitão da corrupção do Maranhão, Saulo Ramos de juizinho de merda, disse que Bolsonaro não está à altura do cargo que exerce. Quem nunca esteve à altura é ele, este juizinho de merda, que corrobora com todas as chicanas do STF para soltar bandidos de toda espécie.

Em artigo demolidor de Augusto Nunes, o ministro corrupto até a alma, odiado pelo povo, Gilmar Mendes, saiu em defesa do chamado decano, que, com o juridiquês de sempre, quer enganar o povo defendendo os bandidos de sempre.
É de vomitar a postura da grande maioria dos ministros do STF. Aliás, o STF é um dos principais fatores da crise que o Brasil atravessa, juntamente com o congresso. 
Na verdade , essa gente quer democracia sem povo, e os governantes mantendo a cleptocracia de sempre mandando e desmandando no país. 
O ministro Celso de Mello acusou Bolsonaro de convocar o povo para se manifestar a favor do governo. Bolsonaro não convocou o povo, o povo auto convocou-se , digamos assim. E se ele convocasse o que é que tem? Democracia é o povo nas ruas, e quem tem medo do povo que se dane.
Na verdade, toda essa laia está mancomunada contra o povo, quer simplesmente manter os privilégios de sempre, sobretudo do judiciário, poder blindado contra todas as investigações possíveis.
Afinal , na lava jato falta o judiciário.Todos sabem que existem muitos juízes corruptos, sobretudo os das altas cortes, impunes desde sempre.
Pode ser que com a delação de pessoas como Sérgio Cabral, e outros, seja puxado o fio da meada da participação de muitos elementos do judiciário nas mais altas maracutaias da república. 
Conhecemos o caso de Dias Toffoli, citado na delação de Marcelo Odebrecht como amigo do amigo do meu pai, ou seja, o corrupto mor da nação, Lula. Que está livre leve e solto, a viajar e falar mal do país, tentando desestabilizar um governo legitimamente eleito pelo povo.
Só o povo nas ruas e nas redes sociais para enfrentar essa gente sem nenhum caráter. Aliás mau caráter é o que não falta nesta república de merda, com juízinhos de merda como celso de Mello. Alguém duvida?

Maia trama golpe e Lula viaja pra falar mal do Brasil - Rafael Brasil

Resultado de imagem para Lula condenaDO VIAJANDO



Enquanto Rodrigo Maia, o Botafogo nas planilhas da corrupção da odebrecht , juntamente com a esquerda e o centrão, tramam o golpe parlamentarista, Lula viaja, com a devida ajuda do corrupto STF ao exterior para falar mal do Brasil e  claro, do governo. 
Este é o Brasil dos maganos de sempre, que querem manter o status quo da safadeza, corrupção e canalhice generalizadas.
E o pior: Lula, condenado até em terceira instância, em mais de um processo, e indiciado em muitos outros, vai viajar com o nosso dinheiro, o do fundo partidário, e ainda levar uma penca de assessores. 
Afinal ele já viajou e foi recebido calorosamente pelo papa comunista, o pior da Igreja Católica de todos os tempos.
Enquanto isso, Maia foi flagrado na Espanha, dizendo que foi conhecer de perto o sistema parlamentarista espanhol. Não vai colar, como disse anteriormente, precisa combinar com os russos como diria nosso saudoso Mané Garrincha. 
No caso o povão que vai fazer uma baita manifestação nas ruas dia 15, contra toda essa corja.
Ainda ontem , Alcolumbre e companhia, já estão com medo, e procuraram o governo para negociar a questão dos vetos ao orçamento. Afinal, como sabemos, teremos eleições municipais, e esta gente tá com medo do povo.
Definitivamente não dá pra fazer política como antigamente, nas caladas da noite, e com as mais escusas negociações de gabinete. As redes sociais vieram para ficar, aliás o presidente foi eleito através delas. 
Por essas e outras os piores elementos do establishment quiseram censurar e criminalizar os usuários da internet, com a tal da CPI das fake news. Não colou, não vai colar. O Brasil novo veio para ficar, e povo atento e unido jamais será vencido. Que Deus proteja o nosso povo. 

sexta-feira, 28 de fevereiro de 2020

Bolsa ditadura custa 20 bilhões, roubo puro. - Rafael Brasil


Resultado de imagem para absurdos da bolsa ditadura militar



No regime militar brasileiro, em lista da comissão de justiça e paz da arquidiocese de São Paulo, portanto, da igreja comunista, morreram exatamente 425 pessoas. Por sua vez os terroristas de esquerda, dentre os quais a ex presidente Dilma, dizimaram cerca de 180 pessoas. Estas últimas, juntamente com suas famílias nunca receberam um derréis de mel coado. 
Faz quarenta anos que a ditadura acabou, claro foi ditadura, porém comparada a outras, até nos países latino americanos foi branda, isso pelo número de mortes. No pequeno Uruguai, foram cerca de mil, Na Argentina, cerca de 15 mil e no Chile de Pinochet, cerca de 4 mil. Todos estes países com populações bem menores do que no Brasil. 
Já as ditaduras comunistas, a situação chega a 200 milhões de mortos. Em cuba, na América Central foram cerca de 17 mil fuzilados e 100 mil mortos, por torturas e tentativas de fugir do país, uma verdadeira prisão. E na época da chamada revolução cubana o país tinha cerca de 6 milhões de habitantes.
Aqui no Brasil, dezenas de milhares de pessoas recebem a tra de bolsa ditadura, dentre veles Dilma, Lula, Gilberto Gil e Chico Buarque. Em outras palavras,, a esquerda depois de chegar ao poder, promoveu um festival vergonhoso de indenizações, roubo puro.
Tenho um tio, já falecido, preso de 1964, Roberto Souto Maior, que recusou receber isso, alegando justamente que tinha lutado por ideais, não por dinheiro. Gente como meu tio, com consciência e sabendo do seu verdadeiro papel na política é coisa rara no país. 
O governo tem que rever mais essa farra com dinheiro do contribuinte, mais um absurdo da cleptocracia petista. Afinal isso é mais um achincalhe com o povo pobre e sofrido do país. E ademais estas pessoas nunca lutaram por democracia, queriam mesmo implantar uma ditadura comunista. Posam de democratas, mas a hipocrisia e safadeza dessa gente não tem limites. Tem?

Esquerda convoca manifestação em defesa da democracia. Piada? - Rafael Brasil

Resultado de imagem para manifestações de esquerda com pouca gente


A esquerda, desnorteada, graças a Deus, convoca uma manifestação para o dia 18, três dias depois da manifestação de Bolsonaro. 
Ótimo, eles morderam a isca, vão ser desmoralizados, preparem os memes. E dinda mais ridículo, a favor da democracia, como se a esquerda a defendesse, e os apoiadores de Bolsonaro fossem a favor de alguma ditadura. 
Ao contrário, os patriotas querem uma democracia de verdade, acabando com este tal de presidencialismo de coalizão, que significa, nada mais nada menos do que o troca troca de sempre. Ou seja, cargos por corrupção e toneladas de dinheiro pára eleições, e financiar ditaduras mundo afora.
Ademais é a esquerda herdeira das piores tiranias da história que matou mais de 200 milhões de pessoas no século XX, e continua matando, torturando e prendendo, como aqui no continente, como a infelizes Cuba e Venezuela.
Quem fala que os apoiadores de Bolsonaro querem ditadura, são os exploradores do povo de sempre, os defensores de bandidos, como os membros do STF e tutti quanto, ora bolas. São eles a ameaça real da democracia.
Na verdade , democracia para essa gente é a blindagem que eles sempre tiveram para roubar e achincalhar o povo, sempre vítima da extrema violência e pobreza.
E vão fazer manifestação em dia de semana, para atrapalhando a vida do cidadão comum, que no fundo eles odeiam.
Mas vamos ver e rir. Será que lotam uma praça? Certamente terá muitos professores, sobretudo universitários, e muitos funcionários públicos, que ocuparam escolas e universidades há tempos. Além de gente feia e de mulher com sovaco cabeludo, argh! Será que Rodrigo Maia, David Alcolumbre, e Dória vão?  
Que se FODAM! Mas que o negócio está ficando animado está, quem duvida?

Maia e o establishment podre tramam golpe parlamentarista. Não vai colar - RAFAEL BRASIL

Resultado de imagem para rodrigo mais e os corruptos do centrão


Como falei anteriormente, Rodrigo Maia e o establishsment podre tramam um golpe parlamentarista há tempos. 
O plano seria surrupiar poderes do presidente, arrancando dinheiro, de modo que o presidente ficasse refém do congresso e incapaz de governar. Com as mãos atadas para tocar a administração, o presidente seria instado a pedalar, como fez Dilma, aí seria o mote para o golpe, com Rodrigo Maia como primeiro ministro, ou quem sabe, qualquer outro energúmeno do congresso.
O plano não acabaria com a figura do presidente, seria um tipo de parlamentarismo misto, com o presidente fazendo o papel da rainha da Inglaterra. Em popucas palavras teria um poder decorativo. Seria mantida eleições, mas quem governaria seria o parlamento.
Falta combinar com os russos, como diria o nosso saudoso Mané Garrincha, ou seja , com o povão. 
A respeito, estão unidos nessa proposta, gente do centrão, PSDB, ex PPS,  (ex partido comunista ) , que tentam emplacar o apresentador global Luciano Hulk e a esquerda em franca decadência, desmoralizada e corrupta até o gogó, que tenta sobreviver com a ajuda do establishsment podre com seus amigos do STF que soltaram Lula, e tentam diuturnamente segurar a lava jato, o que fizeram com relativo sucesso desde a ascensão de Bolsonaro.
Inclusive nesta direção, está tramando Rodrigo Maia, que segundo Ciro Gomes, sempre foi o moleque de recados do petismo. Esta semana ele foi à Espanha, conhecer de perto as maravilhas do parlamentarismo espanhol, o que foi destaque nas mídias ontem.
Não vai colar, pois o povão os odeia, e agora ainda mais. 
Todas essas movimentações mobilizam os apoiadores de Bolsonaro, pois as redes sociais estão a todo vapor. Por essas e outras tentam as censurar, desde a vitória do presidente, com o STF censurando e intimidando, e  o congresso com a tal da CPI das fake news.
O povo tem que estar mobilizado contra essa laia. A respeito, semana passada FHC, um velho decrépito, comparou Rodrigo Maia a Ulysses Guimarães. Presidencialista e um homem honestíssimo, o velho Ulysses deve ter tremido do seu túmulo. Vade retro!

quinta-feira, 27 de fevereiro de 2020

Senadores querem tirar placas de carros oficiais com medo do povo - Rafael Brasil

Resultado de imagem para políticos corruptos com medo do povo


Vi agora que os senadores querem tirar as placas dos carros oficiais identificando-os, porque alegam questões de segurança, e de direitos humanos.
Na verdade estão é com medo do povo. E é essa gente que quer dar golpe de parlamentarismo. Afinal, até as pedras sabem que o povo os detesta.
Como todos sabem, o congresso, juntamente com os tribunais superiores do judiciário, são poderes lutam ferozmente e até pateticamente, contra as principais pautas do povão , e que deram a vitória a Bolsonaro. Ou seja, a violência, a corrupção e a economia.
Na violência o congresso descaracterizou o projeto anti violência do ministro Sérgio Moro, e ainda criou monstrengos como a lei de abuso de autoridade. Não passou a lei de excludente de ilicitude, àquela em que o sujeito deixaria de ser processado por matar ou ferir um ladrão que invada sua casa. 
Na economia tenta tirar do governo dinheiro para gastos de paramentares em ano de eleições municipais, dentre outras coisas. No combate à corrupção, o STF está soltando todo mundo, modificando a interpretação da prisão em segunda instância, favorecendo políticos e ladrões de alto coturno, dentre outras barbaridades.
Como tenho dito, temos uma democracia? Na verdade é importante a participação popular, com grandes mobilizações.
A chiadeira do establishment é geral, mas por que não fazem manifestações também? Simplesmente porque não reúnem nem meia dúzia de gatos pingados, e naturalmente o povo os odeia. Bom para o Brasil, bom para a democracia que se fortalece. Afinal, quando os ladrões e corruptos choram o Brasil anda no caminho certo. Quem, duvida?

quarta-feira, 26 de fevereiro de 2020

Centrais sindicais pelegas contra o povo nas ruas, tudo a ver - FODAM-SE - Rafael Brasil

Resultado de imagem para peleguismo sindical


Como falei anteriormente, todo o establisment corrupto do estado está nervoso com às manifestações marcadas para o dia 15. Agora, as centrais sindicais, mistura de peleguismo e petismo, que perderam a boquinha do fascista imposto sindical implantada por Getúlio Vargas. Reclamam dizendo que que a convocação do povo para as ruas é uma manobra contra a democracia. Ora, quem já viu democracia sem  povo? 
A nossa estrutura sindical, com unicidade sindical, ou seja só um sindicato por categoria, atrelamento ao estado, etc. é uma invenção getulista baseada na carta del lavoro fascista de Mussolini. 
Vargas era fascista, como sabemos, e depois, no seu último mandato se aliaria aos comunistas e à esquerda em geral. 
Tanto é que o brizolismo, pretenso herdeiro do varguismo, hoje ainda orbita à esquerda, tendo como um dos seus mentores, o ex candidato à presidência Ciro Gomes. Eis a nota das centrais sindicais:
“Com esse ato, mais uma vez, o presidente ignora a responsabilidade do cargo que ocupa pelo voto e age, deliberadamente, de má-fé, apostando em um golpe contra democracia, a liberdade, a Constituição, a nação e as instituições”, diz o texto assinado pelos chefes de CUT, Força Sindical, UGT, CTB, NCST e CSB
Portanto, é sintomático que gente da laia de um Rodrigo Maia, Alcolumbre e o chamado centrão, aliados aos partidos de esquerda, as altas cortes do judiciário, se unam contra o povo. 
Se esta gente está contra o presidente e seu governo é mais um motivo para o povo lotar às ruas e pedir realmente uma verdadeira democracia. 
Aliás, o povo devia realmente fazer uma nova constituição, e completar consequentemente a revolução brasileira, de caráter verdadeiramente democrática e popular.
O mais importante é o povo não se desmobilizar, posto que são justamente estas elites que querem dar o golpe do parlamentarismo. Com a recusa dos vetos do presidente, já querem invadir às atribuições do poder executivo, e estão tramando abertamente o golpe parlamentarista. 
Gente como Fernando Henrique, Gilmar Mendes, e quase toda a mídia esquerdista já falam isso abertamente. E como a esquerda é mentirosa e inverte sempre à verdade, acusa a direita de ser golpista. 
Só que agora o povo está com a direita, e tem orgulho de ser de direita. Viva o Brasil, viva o povo brasileiro.


Gritaria geral dos corruptos contra o povo nas ruas: FODAM-SE - Rafael Brasil

Resultado de imagem para politicos ladroes e juizes corruptos


Vi agora nos saites mais diversos a gritaria geral do establishment contra o povo nas ruas. Agora acusam o presidente de incitar o povão, e se fosse verdade o que é que tem? Democracia é o povo nas ruas, eles, os da esquerda e do centrão que mobilizem seus militantes, não vão conseguir, claro, o povo os detesta.
É Dória, Frota, Gilmar Mendes Celso de Mello, e tutti quanti, que estão chiando contra o povo que eles sempre desprezaram. Frota disse que vai encaminhar um processo de impeachment contra o presidente, parece piada. 
O presidente do PSB, um tal de Carlos Siqueira quer reunir os partidos para o que ele acha uma ameaça à democracia. Que democratas são esses que tem medo do povo? Como bem disse o general Heleno, FODAM-SE! E o povo entendeu o recado, e vai repetir o bordão: FODAM-SE!
O que essa gente não aceita nem quer entender é que há tempos o povo está exausto, de tanta safadeza e corrupção. Todo poder emana do povo, e político que tem, medo do povo deve ser defenestrado da vida pública, e se corrupto, que vá logo pra cadeia.
Na verdade está em andamento a revolução brasileira, verdadeiramente democrática e popular. 
Este processo começou com as manifestações de 2013, justamente iniciada pela esquerda radical. Soltaram o estopim, e, claro, a pauta do povo nunca foi de esquerda. Afinal o povo brasileiro sempre foi enganado, mas agora tudo pode ser diferente. E rogo a DEUS que seja, há décadas que não aguento mais. E vocês?

Senador DPVAT brinca com o povo e pede desculpas- Rafael Brasil

Resultado de imagem para senador randolfe rodrigues montado num trator



Randolfe Rodrigues, o senador de fala fina, postou nas redes um vídeo fazendo chacota com o criminoso Cid Gomes do ceará, montando numa motoniveladora e chamando o meliante e o povo para o seguir.
Ridicularizado nas redes por brigar e conseguir que o povo pague o imposto, antes cortado pelo governo, o inútil e famigerado DPVAT, lá vem ele com mais essa. 
Como toda a esquerda, apoiou o crime hediondo, cometido pelo senador Cid Gomes em Sobral, ao partir pra cima de policiais, mulheres e crianças com uma motoniveladora sob o pretexto de querer acabar com a greve de policiais, se deu mal. Em cima de um trator, fez saudação alegre, e com àquela fala fina habitual, ao senador Cid com seu gesto criminoso. Nas redes sociais, foi achincalhado, e com razão. Bem feito!
 Afinal, o maior problema do povo é a segurança, e seu partido o o PSOL se notabiliza por defender os piores bandidos da nação, e também do exterior, afinal apoia ditaduras como a de Maduro e a cubana, só para ficarmos nestes exemplos.
Este senador, que envergonha Garanhuns, foi diversas vezes, com seus apaniguados de partido beijar os pés do ditador Maduro, um dos mais sanguinários de toda história, já lamentável, de ditadores latino americanos.
Nosso congresso é uma vergonha e o senado mais da metade é de uma podridão sem tamanho. A começar pelo presidente o tal de David Alcolumbre, afinal pra que lugares como o Amapá ser estado da federação? Devia voltar a ser território, dada a escassa população e distância do resto do país. 
Devia voltar a ser território, administrado por militares. Com dezenas de votos se elege deputado, e por uma ninharia senador da república, pra fazer mal a todos os brasileiros. Os eleitores não chegam aos da capital de Alagoas ora essa. Realmente precisamos de uma ampla reforma política e federativa, afinal temos uma federação? 

terça-feira, 25 de fevereiro de 2020

Dória diz que povo nas ruas afronta a democracia. FODA-SE! - Rafael Brasil

Resultado de imagem para joão dória e as elites



No artigo segundo da constituição, diz que todo poder emana do povo. Porém, a constituição, de tantas falhas, na verdade afasta o povo do centro das decisões, deixando os poderosos de sempre mandarem em tudo. Afinal, nossas instituições servem a quê, e a quem? As elites de sempre, claro, e Dória, um energúmeno que quer chegar ao poder , foi eleito com os votos de Bolsonaro governador de São Paulo, faz parte dessa turma. 
E essa turma conspira duiturnamente contra o governo porque simplesmente é de esquerda, e não admite o sucesso do presidente. Aliás o presidente foi eleito fora e contra o sistema oligárquico que deixa sempre o povão fora da decisões. Daí a resistência do congresso, do judiciário, da burocracia estatal, da mídia, do show business, e o escambau. Na verdade estas elites detestam o povo, e Bolsonaro o representa. Daí o ódio, a bílis escorrendo na boca e nos poros destes trastes.
Quem já viu democracia sem povo? Aliás esta constituição tem que ser mudada mesmo, é um dos fatores de atraso da nação. Tudo que o presidente quer fazer para mudar a sofrida situação do povo, esbarra nessa gente, que são as elites de sempre, que eterna,mente mamaram no dinheiro do povo. Eis o resultado: Temos um país riquíssimo e um povo miserável, sempre escravo do estado. 
Um estado que sustenta nababos como juízes e políticos que além de ganhar fortunas, tem mordomias de deixar no chinelo os maiores marajás das arábias. Até as pedras sabem disso.
Na verdade, estes pulhas da politicalha de sempre, morrem de inveja da popularidade do presidente, que, afinal, tenta cumprir o prometido na campanha, ou seja. Prender bandidos, endurecer as penas, abrir o país, privatizar o possível e oferecer uma educação séria e de qualidade. É pedir demais, senhor Dória? Ora vá se FODER, você e sua turma!

Anticristianismo e comunismo no carnaval - Rafael Brasil

Resultado de imagem para aticristianismo no carnaval


Quando estudante, lá pelos idos do final dos anos 70, já era moda ser anticristão na faculdade. Isso porque ser comunista significava ser materialista e ateu, do ponto de vista, digamos assim. filosófico. Naquela época, ainda vicejava resquícios do velho comunismo, o que hoje chamaríamos de comunismo raiz. Em poucas palavras, o comunista era careta, detestava drogas, homossexualismo, liberalismo sexual, dentre outras coisas. 
E sua luta era pela vitória do proletariado, que afinal é a família pobre com sua prole, ou seja uma penca de filhos, e seus desejos de igualdade e fraternidade, bem pelo menos no papel, e convenhamos, sem internet, nem a derrubada da ex União Soviética e satélites, o comunismo com sua poderosa propaganda ainda enganava muita gente, mais especialmente bestas como eu.
Porém, naquela época já se falava em liberação sexual, e que o principal entrave à livre sexualidade seria o cristianismo. Muitos comunistas nem podiam ouvir rock, pois este estilo musical era tachado de arte da decadente sociedade capitalista. Aliás os roqueiros eram muito perseguidos nos países comunistas, mas isso é outra história, enfim.
Com a queda do comunismo,  que muitos esquerdistas chamavam de socialismo real, veio a turma da diversidade engendrada há mais de meio século atrás pela escola de Frankfurt. Estas idéias foram tentadas no processo da Revolução Russa, por gente como a comunista Alexandra Kolontai, mas a dissolução do casamento tradicional gerou uma miríade de divórcios e centenas de milhares de menores abandonados, fazendo comunistas como Lênin, Trótski, e o próprio Stálin abdicarem destas idéias.
Porém, depois da queda do comunismo, a pauta deixou de ser o proletariado, que se bandeara, ou pra social democracia , ou mesmo para o capitalismo. Ou seja, a classe operária, rejeitou o comunismo, simplesmente porque estava se tornando classe média, ou como os velhos comunistas classificavam como elite operária.
A política do comunismo passou a ser das minorias e da diversidade, sobretudo sexual. Aí entram, feminismo radical, gaysismo, abortismo, ideologoia de gênero, e culto à marginalidade, afinal o marginal passaria a ser um elemento potencialmente revolucionário, e vítima da sociedade capitalista, cruel, alienante e violenta. E tudo isso é essencialmente anti cristão, ora essa. 
Assim a iconoclastia esquerdista se tornaria comum. Em outras palavras, esculhambar e ridicularizar o cristianismo e , claro, os cristãos virou moda, sobretudo entre a intelectualidade acadêmica e o show business. 
Como com o relativismo cultural, tudo virou arte, qualquer merda é arte, e mais "chique", digamos assim, esculhambando com os cristãos, e seus símbolos. Assim qualquer Zé Mané, ou coreógrafo de escola de samba se acha no direito de esculhambar com os cristãos. E ser evangélico virou símbolo de fundamentalismo para essa gente.
Só que o povo, com razão não gosta disso, e está reagindo. Muitas escolas de samba foram vaiadas. E convenhamos...Hoje em dia já se tornou não só banal, como ridículo uma feminista tirar a blusa e mostrar os peitos em público, Isso talvez chocasse nos anos 60, mas hoje....e pior: As de  de sovacos cabeludos.
Isto se tornou nosso carnaval. Um festival de bizarrices, brigas violentas, sexo explícito, músicas horríveis, em ruas quase todas fedendo a mijo. Há quem goste. Fazer o quê? Mas tudo ficou mais banal e chato, né não?

Lula, um bandido a passear - Rafael Brasil

Resultado de imagem para lula viajando



Como sabemos, desde o paleolítico inferior, até na sociedade dos macacos bonobos, existem regras seguidas pelos animais sociais. Dentre as regras sociais, o direito existe, como já falavam os primeiros filósofos pré Socráticos depois com Sócrates, Platão e tutti quanti, que sabemos o caráter pedagógico da política, das organizações sociais, e, claro do direito. 
Aqui no Brasil está tudo invertido, bandido esculhamba com a justiça, homem quer ser mulher e vice versa,  não se pode nem mais dar uma reles cantada numa mulher, nem tampouco ser cavalheiro. No carnaval nem se pode mais se fantasiar de índio.
Lula, o maior bandido político da nossa história, quiçá da civilização ocidental, foi solto porque a canalha do STF quis, mudando completamente a interpretação da lei de prisão em segunda instância, e mesmo quando ainda preso num  spa em Curitiba, vive a achincalhar a justiça, os juízes que o condenaram com todas as provas legais e claras. 
Agora viajou para a Itália, e recebeu as bençãos do papa comunista, se dizendo um injustiçado e preocupado, pasmem, com a fome do mundo, e agora fará um tour pela Europa. Isso tudo já há tempos condenado até na terceira instância. Claro, diante de tudo isso o bom mesmo é ser bandido, pois a coercibilidade um dos princípios basilares do direito foi abolida no Brasil. 
Em outras palavras, a punição é essencialmente pedagógica, ou seja para dar o exemplo. Se o sujeito delinque,  paga a pena, e serve de exemplo para os outros. Aqui, bandidos matam, roubam, fazem o diabo e depois , soltos, com leis mais do que frouxas, ficam a zombar da sociedade, inclusive com os produtos do roubo exibindo acintosamente a riqueza surrupiada. Bem nessa história quem é o palhaço?
O pior é que parte da sociedade sociedade  aplaude, e, claro os bandidos festejam. E quem aplaude são os setores da chamada inteligentsia nativa, professores artistas e o escambau. Num país que bandidos são heróis e a justiça é achincalhada por eles .há tempos está muito doente. Fica difícil explicar o óbvio e o cidadão comum não vale nada. Mas, como sabemos tudo isso foi uma grande construção destrutiva, obra da esquerda. Que é ótima para destruir, como sabemos. Até quando?

segunda-feira, 24 de fevereiro de 2020

Marajás e congresso contra o povo: FODAM-SE - Rafael Brasil

Resultado de imagem para general heleno e o foda-se


Tudo o que está acontecendo é uma tentativa orquestrada dos marajás do estado, sob a vanguarda do congresso corrupto, do estamento burocrático do estado, da mídia e o escambau para barrar às reformas e manter o velho status quo. Simples assim.
Lembre-mo-nos de Collor, que sempre foi um safado, mas se elegeu com o discurso contra os marajás do estado, em poucas palavras, contra os privilégios permanentes e intocáveis dos sugadores do dinheiro do povo em todas as esferas da federação.  
Aqui em Pernambuco, com os inúmeros penduricalhos, TODOS os juízes ganham mais de 50 mil por mês. Em São Paulo os que ganham menos recebem mais de 90. Fora desembargadores e apaniguados, um absurdo. No STF e legislativo, deputados, senadores e ministros, passeiam de jatinhos, e só comem lagostas e outras iguarias mais. Isso sem falar nos legislativos e tribunais estaduais.
Enfim, o Brasil precisa mesmo é de uma revolução, popular e verdadeiramente democrática. Aliás o movimento popular começou em 2013, e não pode parar mais, senão toda essa canalha ganha, como sempre. 
É a união das esquerdas com o que existe de pior no país, e isso desde a proclamação da república, tendo piorado significativamente a partir do reinado o famigerado Getúlio Vargas. Os militares no poder, como bons positivistas, pioraram as coisas, aumentando significativamente o tamanho do estado. Não roubaram, mas fizeram a cama para os outros larápios de sempre, mais especialmente os que vieram depois da redemocratização, a chamada nova república. Sarney e apaniguados foram os exemplos paradigmáticos dessa corja.
Como sempre o povo deve ir às ruas, e é uma vergonha o povo ter que se mobilizar pára pedir o mínimo. Segurança saúde e educação, e sobretudo decência, ora essa. Temos democracia? O general Heleno resumiu o que o povo quer dessa gente. FODAM-SE. Ou o Brasil se levanta, aí como sempre, nós o povo é que NOS FODEMOS. Dá pra aguentar mais?

domingo, 23 de fevereiro de 2020

Ciro Gomes, um coroné comunista, tudo a ver - Rafael Brasil

Resultado de imagem para cirop gomes



Em seu clássico romance Tomasi de Lampedusa, O Leopardo, tem uma frase basilar, que é, mais ou menos assim: É preciso que tudo mude para ficar justamente como está. Ciro Gomes, juntamente com Tasso Jereissati, combateram o coronelismo no Ceará, com ímpetos de modernização do estado, afundado no velho clientelismo e coronelismo dos mais abjetos. Assumiram o poder, Tasso, egresso da burguesia, de certa forma manteve a serenidade, digamos assim , mantendo-se como um homem correto da república, hoje ainda senador. 
Já a família Ciro, que tem seu feudo político a partir de Sobral, cidade média do interior do estado,  mantém o poder há quase um século na cidade, e recentemente no estado. Foi ministro de FHC por um breve período, depois um serviçal do petismo, e recentemente candidato à presidência. Ao perder a eleição, passou a criticar o petismo e Lula, revoltado por ter sido preterido no pleito, não chegando ao segundo turno. Depois da derrota petista andou se colocando como alternativa à esquerda ao petismo e hoje comanda o PDT ex partido de Brizola, sem muito sucesso.
Agora, com o caso do tresloucado irmão, que quis enfrentar uma greve de policiais com uma retroescavadeira, numa atitude criminosa, como a maioria da esquerda também enlouquecida, esbravejou contra o presidente o acusando de fomentar indiretamente o incidente. Ele disse uma frase comum à esquerda e que já ouvi muito de inúmeros comunistas. O socialismo não se constrói com flores, isso pra justificar as carnificinas, hoje muito conhecidas dos países comunistas. 
Esbravejando contra o presidente, ele disse que não se combate o fascismo com flores. Justamente um presidente que busca diminuir a presença do estado, quebrando com a eterna hegemonia do establisment podre da alta burocracia nativa, e da igualmente podre classe política, que evidentemente querem deixar tudo como está, em poucas palavras, manter o velho status quo.
É o samba crioulo doido de coronelismo e comunismo, porém tudo a ver. Afinal as maiores dinastias são esquerdistas, basta ver os Castro em Cuba, os Ceausescu na antiga Romênia comunista e a dinastia Kin na Coréia do Norte, só para ficarmos nestes exemplos. 
Como bem lembra nosso Olavo de Carvalho, os comunistas só querem destruir as famílias dos outros, mais especialmente do povão, claro.
Aqui temos dinastias de eternos políticos como os das Família Genro no Rio Grande do Sul, e aqui no estado de Pernambuco, onde quem manda é viúva do finado Eduardo Campos, neto do também finado coroné da esquerda Arraes. Estes, justamente acusavam os outros de oligarcas, mas seguindo a frase de Lênin acuse os adversários do que você faz, chame-os de que você é.
Ciro é um coroné comunista que sempre quis ser presidente. Mudou de partido e de ideologia como quem troca de cueca. Foi da ARENA partido que dava sustentação à ditadura militar, depois se bandeou pra oposição, e agora virou comunista, em plena decadência, menos mal. Como todos, agora endoidecidos, vêem fascismo onde seguramente não existe.
Como o irmão, é um psicopata, mas de umas certas elites em franca decadência. O irmão, Cid, devia estar preso por atentado homicida, e os tiros que levou muito certamente foram de balas de borracha, dado que já está em plena saúde. E o governo "fascista" mandou tropas para o estado do Ceará para botar a casa em ordem.
Já dizia um velho ditado grego que , quando os deuses querem enlouquecer o sujeito lhe dá poder, fazendo-o pensar ser deus também. Muitas oligarquias foram embora, esta agora está perto do fim, novas forças surgirão e estas figuras ficarão na poeira suja da história. Bem feito.


sexta-feira, 21 de fevereiro de 2020

General Heleno falou a voz do povo - Rafael Brasil

Resultado de imagem para general heleno ministro



A reação dita pela imprensa como intempestiva do general Heleno, dentre outras adjetivações, é o que o povo já sabe de cor. O congresso é um dos maiores fatores de atraso do país. Para essa gente, o sucesso do governo é aterrador, porque significa a ruptura do que muitos chamavam de presidencialismo de coalizão, ou seja, o loteamento do governo para as quadrilhas que sempre roubaram e atrasaram o país.
Querem implantar um parlamentarismo branco, com a restrição do que sobra da escandalosa carga tributária que o povo paga ao governo, ou seja, cerca de 6% da arrecadação que passa de três TRILHÕES. Querem tirar 30 bilhões do governo e distribuir entre os pares, claro, para roubar e utilizar politicamente em suas clientelas.
O general mandou um FODA-SE para essa gente. Rodrigo Maia, moleque de recados e operador da banda podre do congresso, a maioria, da esquerda ao chamado centrão, ainda ironizou o general, chamando-o de adolescente ideológico. E seu comparsa, o tal de David Alcolumbre pensa em o chamar para dar explicações ao senado. 
Seria bom o general ir mesmo e dar um pito monumental nessa gente, que é protegida pela imprensa, pelo show business, e pela maioria das chamadas classes falantes, os acadêmicos de merda de sempre, que controlam o establishment universitário.
Porém, e como dizia o finado Plínio Marcos, sempre tem um porém, o povo vai se manifestar nas ruas. Seria bom milhares de caravanas para Brasília, mas esta cidade foi construída segundo um plano comunista de manter permanentemente o povo afastado das principais decisões do país. Mas tem São Paulo que é a vanguarda política da nação, e muitas outras cidades, claro.
O povo entendeu a voz do general Heleno, porque o povo decidiu não ser mais besta. Esta cambada do congresso e das altas cortes do judiciário não pode tomar um cafezinho num boteco. São odiados pela população, que sustenta todas as mordomias e sinecuras destes eternos vampiros do povo brasileiro. 
A luta será grande, mas se o povo não se mobilizar e a economia desandar, o povo perde outra vez, como desde sempre. Como tenho dito, temos que ter consciência que nossa revolução é permanente. Que Deus proteja nosso povo.

Delação de Cabral vai pegar o judiciário - Rafael Brasil

Resultado de imagem para sérgio Cabral



A delação do ex governador do Rio, Sérgio Cabral, vai pegar não só políticos, mas muitos membros do judiciário, e das altas togas, estaduais e federais. De fato, a lava jato pegou políticos, o mega esquema de corrupção na petrobrás, que aliás devia ser privatizada, mas falta a cereja do bolo: O judiciário, que até agora saiu incólume deste processo contra a corrupção que certamente vai levar muito tempo, até mudanças institucionais importantes, que dependendo da pressão popular, e da nova constituição do congresso, podem sair. Até lá o caminho será longo e tortuoso.
Segundo Edson Fachin, a delação vai pegar uma poderosa rede de corrupção envolvendo o poder legislativo, o judiciário e o ministério público. Ademais a ação conjunta levada a cabo pela maioria corrupta do STF foi para estancar o processo, soltando muitos criminosos, sobretudo da política. Agora o judiciário, afinal Cabral, com mais de 200 anos de prisão não teria outra saída.
Em setembro Toffoli vai sair da presidência do STF dando lugar a Luiz Fux, considerado um dos linhas duras do tribunal. Além disso Bolsonaro vai nomear um novo ministro no lugar a Celso de Mello, que arregou em prol da parte leniente com a corrupção.
Também este semestre tem a questão da votação pelo congresso da questão da prisão em segunda instância, que os parlamentares tentam protelar ao máximo, dado o grande número de indiciados por corrupção no congresso, a começar pelos presidentes da câmara e do senado, Rodrigo Maia e David Alcolumbre.
Vamos aguardar e torcer, afinal ainda falta muito para o país ser realmente passado à limpo. O importante serão mudanças institucionais, mas com esse congresso é difícil, afinal é parte do establishment podre de sempre que luta para se manter no poder.
Se a economia estiver bem, com as reformas administrativa e tributária, o presidente poderá fazer uma forte bancada, aí o jogo pode virar. Que Deus proteja nós, o povo brasileiro. Saravá!

Bolsonaro é mal educado? Feio mesmo é roubar - Rafael Brasil


Resultado de imagem para imagens da cpi das fake news



A jornalista Patrícia Campos da Folha de São Paulo é uma criminosa. Quis  através de notícias falsas, forjadas, incriminar Bolsonaro e sua legítima eleição, acusando o presidente de pagar empresas para espalhar seu nome na internet, um crime grave. 
Pior, na CPI das fake news, criada justamente pela esquerda e aliados para censurar a internet, não controlada pelo establishment e que deu a vitória ao presidente quase sem gastar um tostão, um depoente, justamente convocado pela esquerda um tal de Hans Hiver, acusado de multiplicar a propaganda de Bolsonaro na internet, disse que foi justamente o PT e o MDB que cometeram tal crime. 
E pior: Para obter estas denúncias e tentar melar a eleição de Bolsonaro, esta criminosa teria oferecido até serviços sexuais ao depoente, segundo  relato do mesmo. Uma desmoralização, para a já desmoralizada esquerda e seguidores, mas essa gente há tempos perdeu a vergonha mesmo, aliás, sem vergonha é quem os segue, como a podre classe jornalística, com raríssimas exceções.
Pois bem, Bolsonaro fez algumas declarações a respeito , e o mundo veio abaixo. A meliante passou de criminosa a vítima, e toda mídia ficou choramingando e até muitos políticos ensaiaram pedir o impeachment do presidente. Justamente a turma que sempre desdenhou agressões bem mais grosseiras, desde que vinda da esquerda. Bolsonaro disse que ela queria dar o furo, e não foi mesmo?
De Fernando Henrique a figuras como Humberto Costa, sem falar na grande maioria de jornalistas indignados, muita gente não se indignou com as grosserias de Lula, nem tampouco com a roubalheira petista. Além de desviarem o fato de a jornalista ter tentado, juntamente com a esquerda e opositores, anular o voto de cerca de 58 milhões de eleitores. Uma criminosa, e, claro pior do que uma prostituta, que vive claramente de sua profissão.
Esta elite política bem educada, assaltou à república e pior: Corrompeu as escolas e por tabela a juventude, hoje analfabeta e imbecilizada. E com bons modos, roubaram enquanto puderam à nação e estão indignados porque as coisas podem mudar. 
O presidente às vezes é desbocado, mas seu eleitorado o elegeu por sempre procurar ser sincero e dizer a verdade. Esta elite pretensamente educada, com bons modos que vá de phoder, ora essa. Eles resistem enquanto podem, mas infelizmente ainda tem muitos poderes, os velhos e carcomidos podres poderes.

O massacre de Katyn - Rafael Brasil

 Resultado de imagem para massacre de katyn


Em Abril de 1940, a NKVD assassinou em segredo com um tiro na cabeça, mais de 20 mil oficiais poloneses, obedecendo a uma ordem direta de Stálin. 
Stálin matou os oficiais pela mesma razão pela qual ordenara a prisão de padres e professores poloneses ( sua intenção era eliminar a elite do país ), mas encobriu a matança. 
Apesar de se esforçar muito, o governo polonês no exílio não conseguiu descobrir o destino dos oficiais - até que os alemães os encontraram. 
Na primavera de 1943, o regime de ocupação alemã encontrou 4 mil corpos na floresta de Katyn. Embora as autoridades soviéticas negassen a responsabilidade pelo massacre de Katyn, como ele passou a ser conhecido, e embora os aliados tenham apoiado esta versão, ( eles chegaram a citar o massacre como um crime dos alemães no Tribunal de Nuremberg) os poloneses sabiam, através de fontes próprias, que a NKVD era a responsável. 
O caso viria a minar a "aliança" polaco soviética não apenas durante a guerra, mas nos cinquenta anos seguintes. 
O presidente russo Boris Yeltsin admitiu a responssbilidade soviética no massacre apenas em 1991. Eis mais um pequeno trecho das crueldades dos comunistas, que nunca apareceram em nossos livros didáticos de história. 
Os poloneses foram massacrados pelos nazistas e comunistas ao mesmo tempo, depois do tratado entre os dois países totalitários em 1939, o pacto Ribentrof Molotov, que abriu caminho para a invasão nazista a Polônia, ocasionando a eclosão da segunda guerra. Para os russos, a guerra só começou com a invasão nazista, a operação Barbarossa junho de 1941. 
Certamente seu professorzinho comunista nem sabe, nem quer saber disso, e acusa os outros de fascistas. É a ignorância a serviço da safadeza. Nosso ensino há tempos é uma fraude só. Alguém duvida?

quinta-feira, 20 de fevereiro de 2020

Direita unida jamais será vencida - Rafael Brasil

Resultado de imagem para bolsonaro e moro juntos


O slogan, o povo unido jamais será vencido foi um mantra da esquerda e da oposição ao regime militar. E a esquerda, que tinha mil e uma facções,  na hora H se unia, com as exceções de praxe. 
E a esquerda, ao longo dos últimos 50 anos, vem ocupando espaços, e conquistando a hegemonia cultural, com grandes artistas e escritores. Ocuparam as repartições públicas, escolas e universidades.
Hoje perderam o discurso, e a hegemonia cultural, desmoralizada com o baixo nível da educação e da cultura, chamada de diversitária, em outras palavras a banalização total e irrestrita. No poder encheram os artistas, a maioria de baixíssima qualidade, jornalistas e falsos escritores e poetas de dinheiro, geralmente público, e roubado pela corrupção deslavada.
Hoje temos uma direita em processo de formação, caótica, sem partido, mídias, com exceção da internet, quer aliás foi a responsável pela eleição de Bolsonaro. Porém, como bem diz Olavo de Carvalho, por enquanto a direita é Bolsonaro e seus colaboradores no governo. E evidentemente todos tem que se unir em torno do governo, e aos poucos conquistando a hegemonia, que é uma questão de décadas.
Claro, o governo não deve ser imune às críticas, porém é o agente unificador do nascente movimento conservador brasileiro. 
Muitos por pequenos deslizes saíram, e adotam o discurso da esquerda, em suas críticas. São os que vão ficando no meio do caminho e no limbo da história.
Mas nos miremos na esquerda e aliados. Agora, acuados pela possibilidade de um bom governo e a popularidade do presidente se unem incondicionalmente, embora agora, num abraço de afogados.
Qualquer possível deslize do presidente é encarado como coisa séria, e a raiva está exposta. 
O caso de Cid Gomes e sua motoniveladora agredindo grevistas é emblemático. Todos seguiram o tom de culpar Bolsonaro pelo fato. Ridículo, mas sintomático. E se alguém da direita fizesse isso com algum movimento de esquerda?
Agora, todos unidos em torno do presidente e sua equipe, e em posição de combate. E que a lição sirva pros chamados isentões. Estes , instrumentos da esquerda, e serão sempre ridicularizados por ela. 
A esquerda é nociva, mas tem muito que ensinar. Quem não quiser aprender, vai ficando indefinidamente escravo dessa gente chata e ruim. Quero é que se phodam! 

O golpe parlamentarista em ação - Rafael Brasil

Resultado de imagem para rodrigo maia charges


Como o governo está dando certo, ao contrário do que muitos analistas esperavam, e o impeachnment do presidente seria um golpe raso, posto que não existe motivo para tal, agora a esquerda e o centrão tramam com o golpe do parlamentarista. Aliás, Rodrigo Maia e companhia já estão se achando chefes de governo ao querer desviar 30 bilhões do orçamento do executivo para emendas parlamentares.
Hoje em sua coluna o jornalista Ricardo Noblat, que teve os interesses de sua ex mulher que estava metida em escabrosos casos de corrupção seriamente ameaçados, disse com todas a letras a trama. Isto num blog do ex partido comunista, que tenta emplacar a candidatura do apresentador global Luciano Hulk. No mesmo saite, o ex presidente FHC, exaltava o exemplo republicano de Rodrigo Maia e David Alcolumbre na condução das reformas, parece piada, mas não é.
Agora mesmo estavam reunidos Maia, Dória e Gilmar Mendes, para discutir o que eles chamam de escalada autoritária do governo. Na verdade, estão com medo do avanço da lava jato e seus desdobramentos sobre o judiciário.
Decerto todo o establischment está morrendo de medo do povo, que aliás é a base de sustentação do governo. Em poucas palavras, se perder o apoio popular, Bolsonaro cai, aí entramos no imponderável, da volta e vitória do velho status quo, que o povo tanto odeia. Ou quem sabe uma ditadura deslavada da esquerda a exemplo da Argentina que experimenta o retrocesso do populismo peronista em seus mais variados naipes, ou coisas bem piores.
Na verdade, está em curso o que seria a verdadeira revolução popular e democrática da república. As forças da reação, estão tramando a todo vapor, e um golpe parlamentarista só vai colar se a situação econômica for à bancarrota. 
Mas todos sabem que o povo odeia o parlamento e seus tristes integrantes. Quem gosta dessa gente que está  tramando o contra o governo, quem não sabe? Vão conseguir? A ver, mas tem que combinar com o povo primeiro, mas o povo quer saber dessa gente?

A RETROESCAVADEIRA E A RADICALIZAÇÃO DA ESQUERDA - RAFAEL BRASIL

Resultado de imagem para cid gomes e a retroescavadeira




O caso Cid Gomes, que juntamente como o irmão Ciro, se tornaram coronéis do sempre pobre Ceará, é inusitado. Como enfrentar um batalhão de policiais juntamente com suas famílias em greve, amotinados com uma retroescavadeira? Isso foi um atentato, e ele deve ser indiciado por crime de tentativa de homicídio. Afinal ele incitou à população, inclusive arregimentando funcionários públicos do seu feudo político para cometer este crime, hediondo, vamos ressaltar. Não matou muita gente, e não morreu por sorte.
O pior são as narrativas, de que a culpa é de Bolsonaro e seus seguidores, que incitam os policiais de todo o país. Ora, é ridículo, o povo quer justamente a polícia indo atrás de bandidos, o que há de errado nisso? É o óbvio, e a esquerda está louca e quase enlouqueceu a nação com a afronta irrestrita ao senso comum. Ademais, é a esquerda que sempre defende bandidos de todas as formas, a começar pela organização criminosa petista e seus aliados, que vão da extrema esquerda, ao  famigerado centrão, que representa a cleptocracia nacional, desde sempre.
Aliás por falar em centrão, estão fazendo de tudo para desestabilizar o governo minando a economia. Para essa gente o governo não pode dar certo porque obstrui sua permanência no poder, roubando e assaltando com a conivência criminosa das altas cortes do judiciário da nação.
O general Heleno fez bem em radicalizar, quando disse que o presidente devia convocar o povo para defender o governo. Aliás seria ótimo uma solução ucraniana, com o povo nas ruas mandando esta laia pra cadeia, e fazendo uma constituição verdadeiramente democrática.
Afinal, temos democracia? Nossas instituições só servem para defender estas elites contra o povão, que há tempos não aguenta mais este estado de coisas. Só o povo unido com as forças armadas e o presidente salva o país, como diz Olavo de Carvalho. A reação do establishment é forte e sem o povo essa turma continuará como sempre mandando e assaltando à nação. Alguém duvida?

terça-feira, 18 de fevereiro de 2020

O PSOL, o esgoto da política brasileira - Rafael Brasil

Resultado de imagem para psol e bandidos



Numa democracia de verdade, deviam ser extintos partidos que pregam a revolução comunista, afinal estes partidos tem a democracia como um instrumento para se chegar à ditadura do proletariado, ou coisa similar. Em poucas palavras, ditaduras totalitárias. Partidos como o PC do B, e similares, são cacarecos políticos e ideológicos.
Numa reforma política de verdade, uma boa cláusula de barreira seria muito eficaz. Se o partido  tivesse  menos de 5% do eleitorado, nada de legalização. E se em seus estatutos tivesse programa totalitário, também. Aliás, este projeto nunca passou, pra dar guarida a estes dinossauros que fazem zoada, mas não tem voto.
O PSOL ainda é pior. Defende tudo o que não presta, aborto, ideologia de gênero, liberação total das drogas e completo apoio à bandidagem. Para essa gente, bandido além de vítima da sociedade capitalista cruel, é sempre um potencial revolucionário. Matar, roubar estuprar são, digamos, atos de rebeldia, contra o sistema maldito.
O pior é que estes partidos nunca tem votos entre os mais pobres que dizem defender. Seus votos estão na classe média com nível universitário, uma merda, dado o baixo nível de nossas universidades há décadas aparelhadas pela esquerda.
Com a eleição de Bolsonaro, a esquerda está cada vez mais endoidecida. Lula saiu da cadeia, pregando a rebelião popular nos moldes do Chile. Hoje não pode sair nas ruas. 
A radicalização é intensa na classe média dita intelectualizada, geralmente que trabalha no estado e nas mídias, alimentadas pelo show business. Mas o problema dessa gente é que o povo é conservador. Saudavelmente conservador, e logo mais, com o sucesso do governo estes partidos vão para onde merecem: A lata de lixo da história.

segunda-feira, 17 de fevereiro de 2020

GUEDES QUER ACABAR COM MOLEZA NO JUDICIÁRIO - RAFAEL BRASIL

Resultado de imagem para marajas do judiciario



Eu sempre me indaguei porque no judiciário ainda tem esse negócio de férias forenses. É um anacronismo, mais um, do nosso estado incompetente e perdulário. E por que juízes e funcionário deste poder mais do que imperial, cheio de nababos, tem dois meses de férias? Um absurdo, além das inúmeras mordomias sobretudo de juízes, afinal, muitos, não pensam que são deuses, tem certeza. 
Esta medida vem no pacote da reforma administrativa que vem por aí, e que vai resultar na maior gritaria das corporações, do judiciário principalmente. Afinal, os pobres dos juízes tem auxílio paletó, escola para os filhos e o escambau. Os maganos das altas cortes tem carro de luxo com combustível à disposição, e até jatinhos exclusivos, pagos com nosso dinheiro, claro. Isto em todas as esferas da federação.
Aqui no estado todos os juízes, com os penduricalhos ganham mais de 50 mil por mês. E ainda reclama , coitadinhos. E os desembargadores e quejandos ganham muito mais, claro. É essa gente que protege a cleptocracia da lei. Claro, com as inúmeras exceções de praxe.
Vamos acompanhar a zoada desa gente, e torcer pelo governo mais e uma vez, afinal está com  a razão. A luta é grande , e como diria Trotski, é permanente. 

Governadores safados dão piti contra Bolsonaro - Rafael Brasil

Resultado de imagem para governadores contrbolsonaro na questão do icms da gasolina


Uma penca de governadores, da esquerda ao centrão deram piti contra Bolsonaro o acusando de irresponsabilidade quando o presidente os desafiou a baixarem o ICMS sobre combustíveis para baixar o preço ao consumidor. 
Na verdade, fez bem o presidente ao desnudar a questão tributária do país, afinal só o governo federal paga o pato do aumento e preço sempre alto dos combustíveis, mais especialmente do diesel e gasolina.
Desde que me conheço por gente que ouço falar em reforma tributária, neste ínterim os impostos sempre aumentam. Trabalhamos 150 dias por ano para sustentar este estado perdulário governado por incompetentes, geralmente corruptos e quase inimputáveis. Não fosse a lava jato a coisa estaria bem pior, mas eles lutam duiturnamente para continuar a roubalheira e irresponsabilidade social.
Certa vez Ives Granda Martins, um dos grandes juristas e tributaristas do país disse não entender a estrutura tributária do país. Uma verdadeira zona, sem querer esculhambar com os cabarés, claro.
Ao desafiar os alcaides estaduais, o presidente na verdade fez política, a boa política. Informar ao povo sua submissão e mesmo escravidão ao estado que cobra impostos escandinavos e oferece serviços africanos. E apontar para a discussão de uma verdadeira reforma do estado, incluindo, é claro a reforma tributária.
A carga tributária explodiu com a chamada nova república, depois da constituição dita cidadã de 88. Roberto Campos dizia desde àquela época que não tínhamos o que redistribuir sem ter. Em poucas palavras, sem crescimento, geração de riqueza, teríamos a estagnação do baixo crescimento e socialização da miséria. E foi isso que aconteceu. O povo mais pobre, as grandes cidades em pandarecos, o estado falido e a violência explodindo.
Estes governadores na verdade estão também fazendo política e baixa política. Sabem que tem que enxugar o estado colocando-o realmente a serviço dos mais pobres. Como sabemos, os pobres sustentam os marajás de todos os entes federativos. É isso que essa gente defende, ou seja o mais do mesmo. Que se phodam.

Dinheiro da carteira de estudante para o PC do B - Rafael Brasil

Resultado de imagem para pc do b e rodrigo maia comemoram a carteira de estudante




Quando estudante na década de 80, o PC do B já começara sua hegemonia no movimento estudantil. Enfim é neste nicho que as esquerdas arregimentam seus militantes e quadros, como dizia Nélson Rodrigues, a juventude é a fonte da imbecilidade. E de lá pra cá, continua, na época a luta era pela legalização da UNE, ademais o movimento e a imprensa esquerdista já estava funcionando a todo vapor no regime militar. Naquela época, comprava os inúmeros jornais esquerdistas nas bancas de jornal. E os livros comunistas nas livrarias. 
E as mais variadas tendências esquerdistas disputavam a hegemonia do movimento estudantil. O velho partidão o PCB, o MR 8, PT, com muita influência dos trotskistas, os pequenos grupos trotskistas, e, claro o stalinista PC do B. 
Fui a um congresso da UNE em Cabo frio no Rio de Janeiro, onde os militantes do PC do B andavam orgulhosamente com camisas estampadas com a foto de Stálin, um dos maiores genocidas da humanidade, ainda pior do que Hitler, podem acreditar.
O PC do B surgiu de uma dissidência do partidão (PCB) no final da década de 50, depois do XX congresso do PCUS, ( Partido Comunista da ex União Soviética) quando Kruchev denunciou os crimes de Stálin, pelo menos parte deles. 
O PC do B, rompeu porque continuou stalinista, e pior: Depois aderiu ao maoísmo, alguns membros do partido foram, treinar guerrilha rural na China comunista. Na década de 70 fizeram uma guerrilha no Araguaia, tentando copiar o modelo chinês, e foram esmagados pela repressão. Depois abandonaram o modelo chinês pelo albanês, um dos resquícios do stalinismo no mundo, uma desgraça só.
Pois é, o PC do B manda e desmanda no movimento estudantil e na UNE que depois virou um puxadinho do petismo, assim como o próprio PC do B. Aliás a candidata a vice de Haddad, Manuela D'ávila é do partido.
E o PC do B sempre teve uma ótima renda com a confecção das carteiras de estudante, já que controla a UNE desde sempre. E articulou com o famigerado e odiado pelo povo presidente da Câmara Rodrigo Maia para retomar esta fonte de renda, que o governo estava dando de graça. 
Agora cada estudante vai gastar cerca de 50 reais para ter esta carteira. E o PC do B e Rodrigo Maia ficarão felizes, afinal o partido foi um dos articuladores da sua campanha para presidência da câmara de deputados.
É a turma do atraso, afinal, comunismo é atraso mesmo, aliás os partidos comunistas deviam ser mesmo proibidos numa democracia. Afinal pregam coisas como a idéia de ditadura do proletariado, ou seja, tem a democracia como instrumento pra chegar à ditadura comunista. Isto nos seus programas, ora essa, tudo isso está em Marx, Lênin, Mao, Fidel e tutti quanti. 
Em poucas palavras é um partido com um programa totalitário. Um cacareco político equiparável ao nazismo. e é essa gente que acusa o governo de fascista e até nazista. Só os idiotas e ignorantes acreditam nessa conversa. Aliás estamos no reino da ignorância e da imbecilidade, além da picaretagem. Até quando?

domingo, 16 de fevereiro de 2020

BOLSONARO E MORO SALVARAM DEZ MIL VIDAS - RAFAEL BRASIL

Resultado de imagem para bolsonaro e moro juntos



A violência no país tem diversas causas, e certamente é um tema complexo, porém a principal é a impunidade. Bolsonaro ganhou a eleição porque disse o óbvio à população. Bandido bom é fora de circulação,  morto ou na cadeia. Simples assim, aliás é como reza o velho e bom senso comum.
O abrandamento das penas ocorreu por políticas  sugeridas por burocratas da ONU e os intelectuais esquerdistas que relativizam à violência desde a idéia de vitimização dos criminosos até as concepções mais tronchas que vêem na bandidagem algum potencial revolucionário, como o pessoal da esquerda radical, parte do petismo, e suas franjas como o PSOL.
A intelctualidade majoritariamente acadêmica também pensa assim, afinal sempre copia as mais diversas teorias vindas do estrangeiro. Por essas e outras temos, grosso modo, uma cultura da violência, vide a glamourização de grupos comunistas radicais, tipo black bloks e quejandos, tendo como integrantes elementos da classe média. Aliás os votos desta esquerda radical vem dos bairros de classe média, como Leblon, Copacabana e outros no Rio de Janeiro, por exemplo.
A oposição a Bolsonaro tenta impedir como pode as medidas contra a violência e a corrupção do governo por vários motivos. Desde a auto proteção, afinal o que tem de político corrupto não está no gibi, afinal a velha política sempre foi movida por rios de dinheiro, geralmente roubado do estado, como os casos mais escabrosos da lava jato.
Também tem a questão eleitoral, afinal muitos analistas de plantão apostavam no fracasso do governo, sobretudo na economia. Com o saudável liberalismo de Paulo Guedes, as expectativas são alvissareiras, mas dependerá da reforma do estado, dentre outras reformas, mas o país parou de cair. Inflação e juros baixos, maior estabilidade, enfim. 
E se Bolsonaro conseguir, como vem acontecendo, mesmo com o pacote anti violência e corrupção sendo desfigurado como foi, e o STF abrandando penas para proteger corruptos inclusive eles, combater realmente e baixar à violência, será imbatível nas próximas eleições ainda mais podendo fazer uma forte bancada realmente conservadora no congresso. Este é o receio do establichement. 
Ano passado a violência caiu cerca de 20%, (cerca de dez mil mortes a menos) e poderia cair mais, se não fosse o congresso e o STF. A questão absurda da eliminação pelo STF da prisão em segunda instância, o projeto também esdrúxulo de abuso de autoridade, e o protelamento das mudanças no malfadado estatuto do desarmamento seriam medidas importantes, que o congresso e o STF empurraram com a barriga, digamos assim.
Mas a questão é ideológica e cultural. Com o aparelhamento total das universidades pelo esquerdismo, todos da burocracia estatal nos três poderes e em todas as esferas da república tem, digamos um posicionamento da relativização da violência. Isto só com a guerra cultural, e  leva tempo, porém existe muita gente que pensa, e que não desdenha o senso comum. Afinal o que tem nos salvado é o homem comum. Em poucas palavras o povo é imensamente mais sábio do que nossas falidas classes pensantes. Menos mal

OS MORIBUNDOS DO COMUNISMO - RAFAEL BRASIL


      Resultado de imagem para MORIBUNDOS DOS GULAGS


   Nos gullags soviéticos morria muita gente na viagem, em trens de gado, crianças, velhos, enfim. Nas longas viagens diante do frio glacial, faltava água, e os encarregados tinham dificuldade , ou mesmo negligência em distribuir. 
Quem tinha um simples caneco ou uma garrafa velha podia se considerar um privilegiado. Os cadáveres eram deixados no caminho. 
No início não existiam alojamentos, e os condenados a trabalhos forçados faziam buracos no chão para escapar do frio inclemente. Depois com a construção de alojamentos imundos, pulgas, percevejos infestavam a vida dos condenados. 
Quem era mais forte recebia mais comida, até 700 gramas de pão com uma sopa rala de repolho ou de peixe seco. Quem era mais fraco, ou mesmo os mais velhos, recebiam cerca de 50 gramas de pão. 
Com o trabalho pesado, como nas minas ou na derrubada de árvores, as pessoas não podiam aguentar muito tempo. Os velhos ou inválidos recebiam o apelido de pavios, pois suas vidas estavam se desminlinguindo. 
Também, diante da morte iminente, contavam piadas dizendo que os mesmos estavam mais próximos do paraíso socialista. Estes pobres moribundos vagavam atrás de comida, ou restos. Eram humilhados nas cantinas, e tinham truques para enganar a fome, desmanchando pão com água para passar mais tempo deglutindo suas parcas rações. Com a fome crônica, só tinham um pensamento: comida. 
A degradação moral era tanta, que nem se importavam em apanhar dos carcereiros nem dos outros presos. A fome era tanta que todos só pensavam em comida, mais especialmente o pão preto e grosseiro que era servido. Quando afinal vinha a morte, outros presos avançavam nos cadáveres aproveitando a roupa, geralmente trapos velhos. Como os nazistas, os dentes de ouro eram retirados para posterior depósito em banco. A desumanização era total. 
Na hierarquia dos condenados, os presos políticos eram os que mais sofriam. Quem gosta e prega o comunismo devia saber dessas coisas, migalhas do que realmente aconteceu. Como tenho mostrado, comunismo e nazismo são irmãos siameses. 
Do nazismo temos muita documentação. Do comunismo, só começaram a escrever a história depois da queda  em 1989. Agora que a real história está sendo resgatada. Enquanto isso, nossos livros didáticos de história ainda enaltecem o caráter "libertador" do comunismo. E em nossas universidades ainda predomina o marxismo. Triste verdade.

MATANÇA DE MENORES ABANDONADOS NO COMUNISMO - RAFAEL BRASIL

Resultado de imagem para MATANÇA DE MENORES DA EX URSS



Na ex União Soviética, a situação dos menores abandonados era calamitosa. Milhares de menores delinquentes pululavam pelas ruas, dormindo em lugares mais abjetos, perambulando em vagões de trens, roubando qualquer coisa para sobreviverem. 
Eram órfãos das grandes mortalidades da guerra civil e da grande matança e prisões da coletivização em massa da agricultura no início da década de 30 onde morreram ou foram deportados milhões de camponeses. 
Em 1934 o governo soviético decidiu criar gullags também para menores, que eram depósitos de crianças e adolescentes que caíram na delinquência, com furtos que chegavam a ser um pão ou algumas espigas de trigo. Nestes depósitos de crianças tinha alojamentos que para duzentas crianças não tinha nem vinte pratos ou colheres para toda essa gente. 
Os filhos dos presos políticos eram os mais maltratados, porque considerados filhos dos inimigos do povo, e do socialismo. Eram maltratados pelos carcereiros e estigmatizados pelos próprios meninos detentos. 
Assim em 1935 o governo comunista baixou a maioridade penal pra 12 anos. Centenas de milhares foram legalmente presos e mandados para campos de concentração, e muitos condenados à morte. Muitas menores de prostituíam. Muitos menores fugiam de casa, ou porque os pais não tinham condições de os criar, por causa da fome e da miséria generalizada. 
Afinal naquele tempo um operário que faltasse o trabalho ou chegasse atrasado por reincidência por dois dias podia pegar até dez anos de cadeia. 
Uma mulher roubou do estado um lápis e um caderno para o filho e pegou cinco anos de cadeia com trabalhos forçados. Nos gullags muitas mães eram presas grávidas ou com filhos menores. Quando não morriam de fome ou de frio na viagem em vagões de trem para gado com temperaturas glaciais, eram separadas das mães, e quando não morriam quando pequenas por falta de amamentação morriam simplesmente. 
Isso é uma pequena amostra da tão decantada pelos comunistas, construção do socialismo, que o Papa comparou aos cristãos. 
Nos campos de concentração eram os religiosos que mais radicalmente resistiam ao poder comunista, mas isso é outra história. 
Claro, seu professor comunista não conta isso, afinal, fica a pergunta: safadeza ou ignorância? Eis a questão. Vade retro satanás! 😎

PERSEGUIÇÃO AOS CRISTÃOS NA EX URSS - RAFAEL BRASIL

Resultado de imagem para PERSEGUIÇÃO AS IGREJAS NA URSS
 Na ex União Soviética, cristãos católicos, evangélicos, ortodoxos, que eram a maioria, e até muçulmanos, foram ferozmente perseguidos pelo regime que impôs ao povo o ateísmo militante. 
Milhares de igrejas e santuários foram destruídos, transformados em galpões, estebarias e até prisões. Clérigos foram humilhados publicamente e proibidos ferozmente de exercer suas funções. 
Os recalcitrantes eram torturados, quando não mortos ou enviados para campos de concentração. Isto desde o início da revolução com Lênin, e perdurou até a queda do comunismo em 1989. 
O povo rezava escondido, e a prática religiosa era punida com a prisão que implicava na perda da liberdade para o resto da vida. 
Nos campos de concentração, os gullags, os religiosos foram os que mais heroicamente resistiram. Se negavam veementemente a assinar confissões à justiça, que na prática não existia, ou quaisquer documentos relacionados com o governo comunista, que eles, com razão, chamavam de diabólicos. 
Rezavam geralmente em grupos e se recusavam a fazer trabalhos forçados. Na guerra houve um certo abrandamento, porém depois a repressão continuou. Muitos preferiram a morte à submissão aos comunistas. Enfim, padre Cícero estava certo, assim como muitos papas em demonizar o comunismo. 
É um absurdo, ver grande parte do clero católico, inclusive o papa querendo igualar comunismo a cristianismo. 
O cristão é convertido por uma opção interior, individual. E Cristo pregava a paz universal, com a piedade com os pobres de todos os tempos e lugares, e de todos os povos, convertidos ou não. Nada a ver com absurdidades como luta de classes como o motor da história, e a promessa inatingível do paraíso na terra, o devir histórico dos comunistas. 
Cristianismo e comunismo não se misturam. Agora mesmo, o petismo quer enganar os evangélicos, não vão conseguir. Afinal, foram eles que de certa forma resistiram contra o comunismo petista. 
Falta os católicos abrirem os olhos contra o clero vermelho. Afinal os comunistas são a favor de aberrações como o aborto e ideologia de gênero, dentre outras coisas. Vade retro!