Circo da CPI desmoraliza ainda mais STF e senado - Rafael Brasil

 


O circo da CPI desmoraliza ainda mais o STF e senado, posto que a mesma foi imposta pelo STF ao senado, o que já é em si uma veergonha. Aliás até as pedras sabem que o STF controla o congresso, pois com a complacência do mesmo cassou um deputado que fez duras e justas criticas à instituição, e atropela diuturnamente à constituição, abrindo inquéritos ilegais e atendendo diariamente pedidos de pautas da esquerda radical.

Como boa parte do congresso, mais especialmente do senado tem processos no STF, se submete ao mesmo em troca, claro da impunidade, desde e sempre institucionalizada. Figuras como Renan Calheiros, com vários processos no supremo nunca são devidamente julgados e condenados., elém de muitos outros, como o presidente da CPI o tal de senador pelo Amazonas Omar Aziz, que é até investigado por pedofilia, e sua família estã envolvioda nos mais escabrosos casos de corrupção justamente da saúde naquele grande mas pobre estado.

Porém, estas figuras mais do que carimbadas como símbolos da corrupção nacional que não é pouca, são apenas protaginistas menores deste circo. O culpado por tudo isso é a ação do STF mais especialmente do ministro Barroso, o que queria legalizar o aborto, com a cumplicidade vergonhosa do presidente do senado o tal de Rodrigo Pacheco.

A CPI está desmoralizada porque foi feita para incriminar o presidente que aliás foi impedido pelo próprio STF de coordenar às ações de combate ao vírus chinês. O governo federal ficou responsável pelo envio de dinheiro e governadores e prefeitos pela coordenação e pela aocrupção mais do que generalizada.

Na CPI meliantes como Renan, Aziz, Humberto Costa e Randolfe Rodrigues, dentre outros foram de uma parcialidade vergonhosa, que no mundo das redes sociais não dá mais para esconder. 

Foi mais um tiro no pé dessa gente que não pensa noutra coisa além de derrubar o presidente de qualquer jeito, com a complacência da mídia e das chamadas classes falantes, os intelectuais tupiniquins a serviço do que existe e existiu de pior em nossa história republicana. Enquanto esta pantomima acontece a popularidade do presidente cresce com a economia reagindo muito bem à crise que é mundial.

E onde o presidente passa é ovacionado pela população, pois sem roubar, inúmeras obras vão surgindo mais especialmente na infraestrutura. Estradas , pontes, portos e aeroportos, hidrovias , obras inacabadas há décadas estão sendo concluídas. Porém a resistência e resiliência do establichment é forte, afinal soltaram Lula como a última tábua de salvação para essa gente mais do que execrável. Não vai dar certo, o povo, sobretudo a classe média não aguenta mais tanta safadeza, isto pra dizer o mínimo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário