Barroso de novo quer atropelar congresso - Rafael Brasil




Infelizmente não podemos deixar de falar no famigerado STF que vem sendo nos últimos anos o maior entrave à democracia no país. Foi aparelhado pela esquerda, e pasmem, atua como um partideco derrotado na última eleição só que com muita força e é o principal defensor de todas as pautas esquerdistas possíveis, atropelando diuturnamente à constituição que deveria defender.

A última é do indefectível ministro Barroso, que queria por vias transversas legalizar o aborto no país. Agora o ministro faz lobby no congresso contra o voto impresso e auditável. Ou seja, contra o aperfeiçoamento eleitoral do país, e é de uma resiliência canina. Afinal só três países tem urnas não auditáveis, e de geração atrasada , Bangladesh e Butão, além é claro do Brasil.

Em debate no congresso com a deputada Bia Kicsis, o mesmo disse que se o gongresso aprovar, terá que passar pelo crivo do STF, como se o mesmo tivesse poderes de legislar, aliás é o que vem fazendo com medidas mais do que inconstitucionais, muitas delas com a anuência de um congrasso fraco e submisso, porque também envolvido em escabrosos casos de corrupção, geralmente arquivados pelo próprio STF.

Hoje o presidente deu o recado que se for aprovada a adoção do voto auditável, o STF vai ter que cumprir, óbvio, mas estamos longe das coisas mais óbvias nestes tempos mais do que difíceis. Aliás foi o próprio STF quem liberou o maior ladrão da nossa história, condenado em todas as instâncias judiciais para disputar a eleição presidencial, juntamente com sua quadrilha de seguidores, a maioria ancastelada no próprio STF, está mais do que claro.

Fazer lobby no congresso, já seria um absurdo em se tratando de umj ministro do STF. Porém quem faz lives com integrantes da oposição constantemente, nem está aí para críticas. Aliás os que criticam estão sendo perseguidos de uma forma mais cruel do que no regime militar. Aliás estamos numa democracia? 




















Nenhum comentário:

Postar um comentário