QUEM FOI PIOR? STÁLIN OU HITLER? RAFAEL BRASIL


QUEM FOI PIOR? STÁLIN OU HITLER?


Quem foi pior, Hitler ou Stálin? Eis uma questão interessante para quem estuda a passagem de muitos seguidores de satanás na terra, que aliás não são poucos. Stálin foi um grande estrategista, talvez o maior do sangrento século XX. Ganhou a guerra contra seu ex aliado, e continuou matando até sua morte em 1953. Mas deixou seu legado de morte e destruição, e até hoje sua crueldade não foi nem um centésimo documentada como foi o nazismo. Digo como a filosofia matuta, dou um pelo outro e não quero torna. Porém Hitler pelo menos, em muitos casos era fiel aos seus malévolos amigos. Já Stálin não deixou nenhum vivo. Matou até seu barbeiro de estimação. Porém tem outro páreo duro nessa história de genocidas, que é Mao Tsé Tung. Este matou cerca de 75 milhões de chineses e ainda é idolatrado pelo maldito partido comunista da China, tão respeitado e reverenciado por muitos comunistas pátrios. O endeusamento do comunismo, aliás vem de sua propaganda iluminista, de igualdade e fraternidade, aliás o iluminismo também foi e é uma fraude. Afinal, execuções em massa começaram mesmo com a decantada revolução francesa. Ruindade por ruindade, tirem suas conclusões, mas comunismo, nazismo e outros ismos são coisas do demônio mesmo, como diria o nosso Padre Cícero Romão Batista. Ponto final, e vade retro satanás!


COMO SER JUDEU DE ESQUERDA?


Vi uma frase de Golda Meir, antiga primeira ministra de Israel que dizia mais ou menos assim: se os palestinos se desarmarem teremos paz. Se Israel se desarmar, deixará de existir. Na verdade os impasses da Palestina é que os árabes e muçulmanos querem destruir o estado de Israel. Usam os palestinos como pontas de lança, afinal quem mais matou e oprimiu os palestinos foram os muçulmanos. Enquanto isso Israel continua na sua guerra defensiva, enquanto por causa da esquerda internacional há tempos perderam a guerra midiática. Aliás não consigo entender um judeu de esquerda, haja visto as perseguições dos mesmos na ex União Soviética.


O PROFESSOR DE STÁLIN


Stalin era um homem muito inteligente, talvez um dos maiores estrategistas da história. Um ser desumano, mas na onda do comunismo isso é trivial. Não era bom em filosofia, apesar de ser um ávido leitor, porém um escritor medíocre, afinal ninguém é perfeito, inclusive na ruindade. Arranjou um professor de filosofia que se esmerou em iniciá-lo nos desvãos tortuosos da dialética. Como não gostou muito das aulas, depois mandou matar o professor. Simples assim, afinal Stálin era impiedoso. Mas para os comunistas uma morte é apenas uma estatística. Afinal, pelo partido, portador da perspectiva do paraíso na terra, vale tudo. Aqui começaram com o assassinato de Celso Daniel e financiaram as piores ditaduras. Há quem goste, fazer o quê?


COMO ERA DE SE ESPERAR, STF PROTEGE SEUS BANDIDOS


 Como era de se esperar, Fachin, mais um execrável membro da cleptocracia nacional que sempre protege bandidos, proibiu a polícia federal de investigar Dias Toffoli, outro meliante da corte. Todos sabem que o STF protege a bandidagem seja na esfera política como na esfera dos crimes comuns. Soltam bandidos dos mais variados calibres, e estimulam a perseguição ao homem comum e a jornalistas críticos e até deputados. Enfim todos sabem, o STF é a vanguarda da bandidagem nacional. E como tal zela por seus bandidos. Até as pedras sabem disso.


BRUNO COVAS MORREU E TEVE UM ENTERRO QUE PROIBIU A SEUS MUNÍCIPES


Bruno Covas morreu, que Deus o proteja. Teve um velório digno, tradicional. Porém, impediu milhares de famílias fazer o mesmo. Reprimiu o povo pobre na pandemia, sobretudo os pequenos comerciantes, e manteve o povo espremido nos péssimos transportes públicos que oferecia. Fatos são fatos, e é triste a sua memória, seu legado não deve ser seguido. Agora a justiça divina.


Nenhum comentário:

Postar um comentário