segunda-feira, 20 de janeiro de 2020

PERNAMBUCO TEM QUE QUEBRAR A OLIGARQUIA DE DEFUNTOS QUE COMANDA O ESTADO - RAFAEL BRASIL

Resultado de imagem para Arraes e eduardo campos"


Infelizmente Pernambuco é governado por uma oligarquia de de defuntos, do velho coronel Arraes e seu neto Eduardo Campos. O primeiro um velho coronel de esquerda, com trejeitos de pessedista, o segundo, um dos homens mais corruptos da história política do estado, e seu nome, de triste memória, consta nas mais diversas delações premiadas da monumental corrupção petista que quase acaba com a nação.
Quem comanda a gangue é a viúva de Eduardo Campos, que quer emplacar seu filho João campos na prefeitura do Recife, desta vez não vai colar. Afinal a briga na família é grande, com outra neta de Arraes, Marília Arraes, esta abrigada nas sobras do famigerado PT, também no páreo.
Só que no Recife, assim como nas maiores cidades do nordeste, Bolsonaro ganhou, abrindo um grande leque de possibilidades para a ascensão de candidatos genuinamente de direita. E a eleição da capital sempre abre possibilidades alentadoras para mudanças políticas mais do que significativas no estado.
É bom lembrar que o velho Arraes foi o único governador que não botou nenhum tostão em Suape porque foi um projeto da direita no estado, capitaneada por Eraldo Gueiros, Moura Cavalcanti e Marco Maciel. E sem Suape o que seria  do estado? O velho populista ao chegar do exílio queria ter uma proeminência política nacional, mas quando governador, ficou prisioneiro da política estadual fazendo governos mais do que pífios, levando uma tremenda surra de seu antigo aliado Jarbas Vasconcelos. Deixou uma oligarquia que perdura até hoje, nem a direita foi tão oligarca. Tá na hora do estado mudar, acompanhando o país.
Pernambuco está estagnado há décadas. O atual governador é uma nulidade sem fim, é apenas um tecnocrata que foi eleito devido a fraqueza de seu opositor Armando Monteiro, um perdedor histórico. Parece a eleição do Recife vai trazer boas surpresas, esperemos. Afinal a cidade sempre foi rebelde, e agora a rebeldia pende para a direita, afinal esquerda ninguém aguenta mais neste país.

Um comentário:

  1. A direita é a nova esperança para o nosso país. Temos que votar em candidatos alinhados com Bolsonaro.
    O nordeste já está mudando e nosso país também, graças a esta nova gestão de Bolsonaro. Temos que dar continuidade.

    ResponderExcluir