terça-feira, 12 de abril de 2011

NADA SABEM

Lula governou bem quando menteve a política econômica do governo Fernendo Henrique. Só que, no ano eleitoral a gastança e falta de responsabilidade levaram o governo a abrir as torneiras, quando quase todos os analistas avisavam da necessidade de um freio na economia. No mínimo um ajuste fiscal de respeito, segurando a gastança pública. Nada. Gastança e discurso otimista para os bêstas verem, ouvirem, e, claro, votarem. Agora vem a conta. Que pode ficar mais salgada porque agora é o PT quem comanda. Pelo jeito Palocci vem sendo fritado pois ele é considerado um neo-liberal, mesmo dentro do partido. Palocci é a garantia do juízo na economia e um admirador enrustido do plano real e das reformas feitas por Fernendo Henrique. Como já era um desafeto da atual presidente no governo Lula, poderá cair, ou pelo menos ficar na frigideira. Se tudo der errado, como se prevê ele pode ser chamado de volta para o centro das atenções. Se não, o buraco será mais embaixo. Os petistas nada sabem de economia. Diziam ter um plano alternativo, mas este nunca apareceu. Ou ficou escondido nos escaninhos do partido por ter ideias na poeira da história.

ASSOBIAR E CHUPAR CANA

Dilma quer manter o país em crescimento, manter os gastos públicos na estratosfera, ao mesmo tempo menter a inflação sob controle. Se o país cresce além da sua real capacidade a infra-estrutura não suporta. Muitos investimentos terão que ser feitos e o governo não tem dinheiro para tal. Teria que admitir a iniciativa privada, mas tem precoceito, pois tem uma visão ideologicamente estatista. Vejam a intervanção branca na Vale do Rio Doce, pressionando e conseguindo mudar o presidente da empresa, à revelia dos acionistas. Com muita demanda, os salários tenderiam a subir, e seriam repassados para os preços.

CORTAR GASTOS

Seria preciso cortar gastos, mas o governo pensa que isso é coisa de neo-liberal. Reformar o estado, nem pensar. A previdência é coisa muito difícil, sua necessária reforma já foi descartada. Os marajás aplaudem. E a inflação está à espreita, segundo analistas, já vai bater nos sete por cento, lá no segundo semestre. O governo está mais perdido do que cego em tiroteio. Isto não pode dar certo. Esta gente não sabe fazer. São bons para destruir. Não para fazer. O melhor que poderá acontecer é nada. E Lula aparecer como o salvador da pátria. Ah, mas aí ele também terá que fazer algo. Seria sua derrocada final, como aliás tantas pretensas “grandes” personalidades da história.

CELSO AMORIM

Dizem que anda fulo da vida com a mudança de rumo da diplomacia brasileira. É um cavalo. Um ignorante que quer botar ideologia, e de segunda, na política externa brasileira. A ideologia esquerdizóide deste senhor não é mais acreditada na Europa desde os anos cinquenta do século passado. Muitos riem de nós, com nosa ignorância. Parece que a política externa deverá ser mesmo capitaneada pelos profissionais do itamarati. Menos mal.

LULA E LÍBIA

Parece que Lula queria ser o interlocutor da paz na Líbia. Ridículo. Ainda bem que ele não é mais presidente para que suas bestriras não chamem tanta atenção. Seria melhor ele ficar tomando umas caninhas em São Bernardo, ou quem sabe fazer uma visita em Caetés? O convidaria para tomar umas e outras com a buchada preparada por Maria de Duda, e fazia as pazes com ele. Quem sabe não aproveitaria para lhe dar umas aulas de história contemporânea? E grátis.

4 comentários:

  1. http://cicopoeta.blogspot.com/2011/02/cidade-encantada.html

    ResponderExcluir
  2. Caro Rafael, você está querendo que o "molusco" aprenda demais. É perigoso.Imagine se o burro aprende a assoviar.

    ResponderExcluir
  3. Ainda chegará o dia em que a maior parte do brasileiros notarão que os governos petistas são e sempre foram embustes, farsas, enganações, e então dirão:'' O rei estava nu e nunca notamos. Como fomos tolos''.
    Muito boa a ideia de usar-se o email para comentar no blog. Tava na hora mesmo das pessoas se identificarem.
    Por que se esconder, se se está a fazer a coisa certa?
    Assim, as coisas tomam rumos mais produtivos.

    ResponderExcluir
  4. Professor, logo cairá essa aura de herói do Lula. É uma questão de tempo.

    ResponderExcluir