terça-feira, 12 de abril de 2011

O RESPEITO AO LEITOR

"Como jornalista tenho o maior respeito ao leitor. Principalmente no blog, que permite uma interação permanente com quem nos visita. Difícil é controlar 30, 40 e até 50 comentários por dia quando chegam textos de todo tipo. E a grande maioria prefere o anonimato numa covardia que nem Freud explica. Filtrar os anônimos ou os que usam pseudônimos não é tarefa muito fácil. Mas o pior é censurar, deletar, tenho horror a isso. Acho que todos têm direito a se expressar e às vezes se justifica o temor de mostrar a cara. Tento evitar as ofensas. Nem sempre consigo. Os comentários de Einstein, porta voz anônimo de Zé da Luz sempre são publicados. O ex-prefeito, para não valorizar demais o blog, em vez de contratar uma Assessoria de Imprensa (como fez o Dom Moura) e fazer a sua defesa abertamente, preferiu usar desse expediente sujeito a críticas. Para ser o mais democrático possível, contudo, e não ser acusado - como já sou - de estar ao lado de A ou de B, deixo à vontade o cientista e outros que usam nomes fictícios para expressarem as suas opiniões. O Einstein, num dos seus últimos longos comentários, usou palavras que ofenderam o leitor Álvaro Galileu. Este sempre escreve com seriedade e sem ofensas, apenas critica politicamente o ex-prefeito Zé da Luz, como outros fazem. Álvaro não gostou e tem razão, parece ter ficado até um pouco magoado com o blogueiro, por ter permitido as ironias do cientista. Peço desculpas amigo, mas veja que a minha tarefa é das mais difíceis. Eu escrevo um texto e quando ele tem repercussão tenho de administrar dezenas de opiniões diversas. Cortar não é muito agradável, pois na minha cabeça lembra a censura dos tempos de Médici e Geisel. Claro, tem coisas sem nenhum sentido, agressões gratuitas, contra minha pessoa e meus parceiros leitores. Lamento esta situação. Quero dizer ao Galileu que tenho o maior respeito por suas opiniões e o da maioria dos leitores e não compartilho das ofensas que lhe foram dirigidas. Tanto você como o José Fernandes Costa, que vez por outra também aqui está levando uma "lapada", certamente têm a consciência tranquila e argumentos para responder qualquer ataque. Eu mesmo quando o Einstein veio depreciar este espaço, chamando de bloquinho, exigi respeito, pois mesmo sendo ele uma pessoa que não mostra a cara é acolhido como leitor e cidadão. E graças a Deus nunca mais ele veio depreciar o meu trabalho. Trabalho com seriedade e respeito e ficaria muito feliz se cada um pensasse dessa maneira. Como diz o velho ditado, porém, "cada cabeça é um mundo"... Nem por isso desisto de elevar o nível do debate e de lutar por maior civilidade entre as pessoas. Quem não quiser elevar o nível, que fique na sarjeta. Importante é saber que estamos acima das pessoas que pensam pequeno ou defendem interesses obscuros.

P.S. - Tem gente que manda comentário esculhambando com o blogueiro, chama o deputado, o prefeito ou ex-prefeito de ladrão, acusa até o padre ou o bispo de falcatruas, não tem coragem nem de botar o nome e ainda quer que a gente publique. Uma coisa é democracia, outra bem diferente é querer fazer os outros de otário. Quem quiser extravasar seus complexos crie um blog qualquer, que o objetivo deste nosso espaço é passar informação e promover uma discussão civilizada".Postagem publicada por Roberto Almeida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário