quarta-feira, 4 de janeiro de 2017

Detector de degolas - com O Antagonista


O Globo revela que 65% das penitenciárias do Brasil não têm detectores de metais nem aparelhos para bloquear o sinal de celulares.
Ontem, o ministro Alexandre de Moraes prometeu consertar essa obscenidade:
“Com a medida provisória do presidente Michel Temer, que acelerou todo esse processo licitatório que antes levava um ano para ser finalizado, podemos hoje trabalhar com ações para evitar que presídios tenham a entrada facilitada de celulares, armas e outras coisas que não deveria adentrar. Por isso, estaremos com o Plano instalando 3 mil scanners para inibir a entrada desses objetos”.
Ele será cobrado.

A degola de Dilma


A Folha de S. Paulo diz que “o governo federal reduziu em dois anos 85% dos repasses aos Estados para a construção de novas penitenciárias”.
O governo federal, nesse caso, tem nome e sobrenome: Dilma Rousseff.
Mas ninguém se lembra dela na hora de comentar a chacina em Manaus.

Bloqueadores de petistas

O presídio de Manaus não tinha detector de metais nem bloqueador de celulares.
É a isso que os juízes petistas se referem quando denunciam a “tragédia anunciada do punitivismo”?

Nenhum comentário:

Postar um comentário