sábado, 14 de julho de 2012

O que Cuba tem de especial para merecer um capítulo inteiro nos livros de Geografia e História?

O que leva a ilha caribenha a merecer uma honraria tão grande nos livros de ciências humanas? Examinei nesta semana seis livros de 6º a 8º anos das áreas acima citadas e notei que em todos Cuba tem um espaço extenso, cativo e garantido, o que me levou a fazer a pergunta do título. Por que será que um país minúsculo, que tem menos habitantes que a cidade de São Paulo, que amordaça seus cidadãos, os persegue, os mata, os exila, que vive de suas vítimas e que não é exemplo para ninguém, tem tanto a dizer aos jovens pelo mundo afora?Tudo isso deve-se ao grau de infiltração da esquerda nos meios acadêmicos, especialmente os brasileiros. Tá tudo dominado, como dizem aqueles funks cariocas de péssimo gosto. E as besteiras que os esquerdistas espalham sobre Cuba aqui no Brasil não estão nos gibis. Mal sabem os brasileiros que as estatísticas sobre aquele país são absolutamente fajutas, devido, principalmente, ao fato dessas informações virem sempre do governo cubano. Como se levar a sério informações de uma ditadura? Comida suficiente em Cuba, segundo Yoani Sánchez, a blogueira que escreve sobre o seu país, só tem quem rouba o estado, que recebe dinheiro enviado por parentes do exterior ou quem  faze trabalhos ilegais. Os livros que são editados no Brasil sobre Cuba não citam nem perto disso.  Uma pessoa que escreve em um blog pode ser condenada sob a acusação de fazer propaganda inimiga. Por que,  no Brasil,  repete-se  o clichê de que Cuba é uma ilha de socialismo, música e rum? Essa turma que falseia informações sobre a ilha-prisão e que a defende, não deve saber como é viver em um paísonde  receber ninharias em moeda sem valor, enfrentar as filas de racionamento de comida, não poder criticar o governo, não sair do país sem autorização, ou depender do precário transporte público é rotina. 

Olavo de Carvalho disse dia desses que os milicos brasileiros tomaram o poder, mas a esquerda tomou as mentes. Infiltrando-se nos meios culturais e acadêmicos, os esquerdistas esperaram 30 anos para minar as estruturas conservadoras e estabelecer a sua hegemonia, o que sempre foi o seu sonho. Uma revolução silenciosa. Na surdina. Se os da caserna  tivessem sabido usar a propaganda naquela época emostrado as tiranias dos regimes socialistas pelo mundo, como o que acontecia na URSS, China, Leste Europeu, Camboja, Cuba e outros, possivelmente a esquerda não teria angariado os corações e mentes dos brasileiros da forma rápida e sem resiliente que se deu. E hoje o que temos é que os conservadores perderam o rumo, a causa, a maneira de reagir, dada a expressiva vantagem que os esquerdistas têm em garantir os seus domínios. As vozes direitistas hoje no Brasil não assustam mais ninguém. Têm o mesmo efeito de um pum ante as dezenas de milhares de canhões da Batalha de Stalingrado. E as escolas apenas repassam essa doutrinação através dos livros didáticos queprofessam fatos inexistentes e perpetuam mentiras míticas, numa verdadeira lavagem cerebral. Daí o fato de vermos, diariamente, Cuba e outras tiranias serem enaltecidas nas escolas brasileiras. Tudo isso faz parte do projeto que foi iniciado nos anos 1960, e que ninguém teve a competência de frear. E levaremos muitos anos para que essa situação sofra alguma alteração. Infelizmente!

Do blog de Hadriel Ferreira.

2 comentários:

  1. Parabéns, Rafael.
    Infelizmente essa á a realidade.
    E o Brasil não está longe de se tornar um lixo como Cuba.
    Nunca na história desse país se fez tanta sem-vergonhice sem punição.
    Virou a casa da mãe Joana.
    Todo mundo faz o que quer, desde que seja de esquerda, tá tudo bem.
    E se for alguém de direita, coitado dele. Vai ser chamado de corrupto de elite.
    Corrupto barbudo, de esquerda pode, o que não pode é ser idealista de direita capitalista.
    Pois daí o cara, mesmo com a mesma corrupção do barbudo, não presta.
    Se você for adepto aos ideais socialistas ninguém liga pras suas falcatruas, por maiores que sejam.
    Olha o exemplo disso no Lula.
    Como o povo diz? Perseguem ele porque ele é do povo.

    ResponderExcluir
  2. kkkkkkkkk... Vamos chamar Mc Carthy pra resolver ??

    Fala sério... Um dia, seu sistema de saude será tão ruim que você vai querer pagar pra ir la achar tratamento... de graça.

    No segundo graus, este artigo é muito distrativo, meus parabéns.

    ResponderExcluir