sábado, 8 de maio de 2010

VERGONHA NACIONAL

Lula e sua turma, insistem em tentar desrespeitar a legislação eleitoral, aproveitando a máquina pública para promover a campanha de Dilma a presidente. A última foi em Pernambuco, na inauguração antecipada do estaleiro em Serinhahém, quando foi armado um grande palanque, em que de uma forma bastante direta, todos pediam votos para a candidata stalinista. As oposições devem marcar de perto, denunciando estes lamentáveis fatos à justiça eleitoral, que já multou o presidente duas vezes. Como é que um presidente da república já no seu segundo mandato insiste em burlar a lei, quando o mesmo devia servir de exemplo? Aliás, estes candidatos a ditadores não querem saber de lei, só querem saber de suas vontades e seus interesses. Uns cacarecos da democracia, pois um regime democrático é, essencialmente o império da lei. Se a lei é ruim, que se mude, mas por meios legais, que é o congresso nacional, ora bolas. Ainda vem alguns articulistas de plantão, tentando justificar estes malfadados atos, pela popularidade do presidente. Será que ele pode matar, só porque é popular? Um absurdo.

ALIANÇAS

Para meu amigo Roberto Almeida, Arraes, Lula e seus amigos, podem fazer alianças com a direita, ou com quem quer que seja. Jarbas não pode. Ademais, Jarbas fez uma aliança com a direita mais civilizada e ética, como Roberto Magalhães e Marco Maciel, que ademais, foram os dissidentes do regime militar que proporcionaram a transição democrática com Tancredo, não é doutor Roberto? Já o PT não só foi contra, mas expulsou do partido três deputados que resolveram apoiar Tancredo, Bete Mendes, Ayrton Soares e José Eudes. Também afastaram Erundina que decidiu assumir um cargo no governo Itamar, não é Roberto? Hoje Lula destila suas menstiras com gente como Maluf, Inocêncio Oliveira, que nosso amigo Roberto apóia, Collor, e outros cacarecos políticos e ideológicos menos votados.

LULISMO EM DECADÊNCIA?

Vi no estadão que Lula continua muito popular no Nordeste, que para Dilma não pertence ao Brasil, com cerca de oitenta por cento dos votos, cerca de oitenta no Norte, e setenta no Centro Oeste. No sudeste sua popularidade cai para vinte e seis por cento, mais por causa do Rio de Janeiro e Espírito Santo. Em São Paulo sua populçaridade cai para dez. No sul, chega a parcos vinte por cento. Como na época dos militares, sua popularidade ficará restrita aos grotões , mais especialmente nas regiões mais atrasadas, pré-capitalistas, digamos assim. Graças a Deus, e o capitalismo livre concorrencial, que o monolito começa a cair. Antes tarde do que nunca, e como é bom a democracia.

HERANÇA MALDITA

Tenho a impressão que Lula quer deixar o país arrasado, pois desconfia que não pode impor ao país uma candidata laranja. O chamado déficit público aumenta assustadoramente, sobretudo neste triste final de governo. Quem assumir, provevelmente Serra, vai ter que cortar gastos, ou seja impor a devida austeridade na máquina pública, para poder governar. Diferentemente de Lula que recebeu uma herança bendita do governo Fernando Henrique, vem batata quente por aí. Porém, o futuro governo vai poder desmascarar das inumeras falcatruas deste desgoverno da mentira nacional.

ADESISMO

Concordo plenamente com Jarbas e Roberto Magalhães, que uma das piores coisas da politicalha nacional é o adesismo. Quando o sujeito está no poder, todo mundo corre atrás, e a babação é ridícula. Um horror. A respeito, tenho orgulho de meu velho pai, que na eleição de Arraes, foi um dos únicos prefeitos do interior que conseguiu derrotá-lo nas urnas com uma diferença de mais de quinhentos votos aqui em Caetés, e nunca abandonou seus companheiros de partido. Eu, jovem idealista, votei am Arraes, pensando que ele era progressista. Quebrei a cara. Já José Múcio, em quem meu pai votou, tornou-se um dos maiores áulicos deste desgoverno Lula. Coisas da vida. E meu velho pai só perdeu as eleições em Caetés, porque roubaram. Sei de toda a história, e um dia vou contá-la. Podem esperar. Hoje Caetés é uma das cidades mais corruptas do Brasil. Agora veio somar à corrupção com a violência.

3 comentários:

  1. Esse PT é mesmo uma desgraça, mas isso não quer dizer que os outros partidos sejam bonzinhos!

    ResponderExcluir
  2. Amigo Faé, eu não disse que Jarbas não pode fazer alianças á direita. O que escrevi foi que ele condenou Marcos Freire em 82 e 85, pelas alianças com Cid Sampaio e Roberto Magalhães, fazendo depois a mesma coisa para chegar ao Governo. Admiro Vasconcelos, considero-o um dos maiores políticos do Brasil. Não sou maniqueísta. Inclusive sou seguidor do Serra no twitter, que produz um material na internet melhor do que o de Dilma. Como vê, não sou cego ou fanático. Tenho equilíbrio. Quanto ao presidente Lula, não estou só em considerá-lo um bom presidente. Estou na companhia de mais de 80% dos brasileiros, do El País, The Economist, Time, Obama, ONU e mais um bocado de gente e entidades importantes. Se o presidente do império diz que ele é o Cara, quem sou eu para contradizer?

    ResponderExcluir
  3. Concordo com vc, professor. Não é porque fulano e ciclano dizem tal coisa que eu devo abalizar. Isso é falta de opinião pessoal.

    ResponderExcluir