quarta-feira, 26 de setembro de 2018

O que está em jogo nesta eleição - OLAVO DE CARVALHO


Imagem relacionada


Os militares que nos governaram a partir de 1964 NADA FIZERAM para impedir que os comunistas e seus sócios voltassem um dia ao poder. Mas estes, tão logo se apossaram do Estado, tudo fizeram para conservá-lo em suas mãos PARA SEMPRE, bloqueando todos os canais de expressão e de ação das preferências majoritárias. Construíram uma democracia para eles mesmos, excluindo os outros, os estranhos, os não-ungidos — nós, a nação brasileira, o povo inteiro. Carimbaram-nos de nazistas, homofóbicos, intolerantes, assassinos de gays, mulheres, índios e judeus, para nos manter para sempre em silêncio, de cabeça baixa e rabo entre as pernas. O que chamam de democracia é, literalmente, o que Lênin denominava CENTRALISMO DEMOCRÁTICO — a democracia da elite mafiosa, onde o povo não entra. Manter e eternizar esse esquema de poder, baseado no roubo, na mentira, na censura e na opressão, é o que chamam de “estabilidade democrática”. Esse castelo de iniquidades tem de ruir, e todos os seus ocupantes privilegiados têm de pagar pelos seus crimes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário