quarta-feira, 12 de outubro de 2016

RECORDAR É... SOFRER, no caso do PT - com O Antagonista.

Recordar é... sofrer, no caso do PT

Dora Kramer, no Estadão, sobre a hipócrita oposição do PT à PEC 241:
"A proposta aprovada em primeiro turno na Câmara com os exatos 366 votos esperados pelo governo de Michel Temer, conceitualmente é bastante semelhante à Lei de Responsabilidade Fiscal criada no governo Fernando Henrique Cardoso 16 anos atrás e quase em tudo igual à proposta feita pelos então ministros Antonio Palocci e Paulo Bernardo há dez anos como forma de consertar as contas. Na época, Dilma ganhou a parada qualificando a sugestão como 'rudimentar'. Lula poderia ter bancado a posição de Palocci e Bernardo, como fez FH em relação a Pedro Malan, mas preferiu avalizar a posição da ministra-chefe de sua Casa Civil, em via de assumir a candidatura à Presidência da República. O restante da história é sobejamente conhecido e hoje reconhecido passo essencial do PT na direção do abismo administrativo."

Nenhum comentário:

Postar um comentário