domingo, 30 de junho de 2013

FUTEBOL E POLÍTICA - RAFAEL BRASIL

A seleção brasileira ganhou a copa das confederações, torneio patrocinado pela FIFA. Ganhou com raça e talento, a melhor seleção do mundo, e não é porque perdeu que deixará de ser a melhor, pelo menos no momento. O que senti foi que, a raça dos jogadores refletiu o nacionalismo da massa, nestes tempos de manifestações contra nosso "modelo" digamos, sócio político institucional. Como a seleção é do povo, coube aos jogadores salvarem um dos patrimônios nacionais mais populares, que é jogar bem o futebol. Na copa das confederações, começamos por baixo. Como aliás na copa de setenta, quando a seleção saiu do Brasil vaiada. O selecionado de certa forma lavou a alma do povo, com humildade , determinação e muita garra. Ao contrário dos políticos e administradores do Brasil, que são mesquinhos, cínicos, corruptos e covardes. A começar pelos integrantes e aliados do governo. Por falar nisso, Dilma nem apareceu com medo de vaia. Lula está na tocaia, fritando a sua ex gerentona palanqueira. No momento, boa parte do povo pede sua volta, assim atestam as pesquisas. Mas, campanha é campanha, e Lula vai se desvencilhar facilmente de sua criatura? E como vai esconder suas inúmeras ramificações do seu grande rabo de palha, com mensalão, caso Rosemary, filho milionário, beijos em Sarney, Maluf, e o escambau, tudo isso vai ficar sendo escondido do povo? E se o mesmo ganhar, como a volta do rei Sebastião, como vai governar, sem nenhum paradigma? Veremos como vão desenrolar os acontecimentos. Que Deus salve o Brasil. E viva a seleção!

Nenhum comentário:

Postar um comentário