quinta-feira, 21 de outubro de 2010

MOBILIZAÇÃO NACIONAL

Nunca, na história deste país, um presidente da república junto com seu partido usou e abusou de todos os meios para eleger seu sucessor, no caso sucessora. Nunca se usou tão descaradamente a chamada máquina pública para alavancar uma candidatura. Os sindicatos fazem abertamente propaganda ou para Dilma, ou contra Serra, tentando de todo o jeito desmoralizá-lo. Sindicatos pelegos , agora totalmente corrompidos pelo governo, que começou a dar dinheiro também para às centrais sindicais. Nunca, o sindicalismo brasileiro esteve tão corrompido. Nem Vargas atrelou tanto os sindicatos ao estado. Coisa de fascista, não? Alô Perón! Fala Chávez! Viva Mussolini! Estão morrendo de medo de perder as eleições.

Nunca, um presidente da república, corrompeu tanto a sociedade, ao arrepio da lei, usando e abusando da máquina pública para eleger um candidato como este. As oposições ainda são muito fortes para aguentar tamanha mobilização. Bem que um espião de minha confiança, cujo codinome é Lourenço me avisou. O esquema é grande. O BNDES já emprestou mais de duzentos bilhões para comprar a burguesia. O governo gasta doze por ano para manter o bolsa família. Bem mais em conta do que comprar setores da nossa respeitável burguesia, não? Que também se acostumou a mamar no estado pegando dinheiro barato. Já nós, os pobretões, vamos ao crédito consignado, cuja inadimplência é zero. Tungam nossos pagamentos na fonte, claro. E com juros nada camaradas. Como sempre, aos ricos o filé, aos pobres as migalhas. Quando muito. Isto é ser de esquerda? Pobre Marx, chora no seu túmulo...Ou ri bastante. Quem sabe?

Nenhum comentário:

Postar um comentário