terça-feira, 27 de julho de 2010

VOLTEI

Depois de alguns dias de folga, volto ao velho blog. Também passei um tempo a corrigir tarefas escolares, o que nos dá, professores, uma canseira danada. O chato da educação é a burocracia. Nós, professores, deviamos ter mais tempo para estudar. Mas, é isso aí. A política anda na mesma, com eleições duríssimas, talvez a mais dura, desde a redemocratização. Nunca, em tempo algum, usou-se tanto a velha máquina pública para eleger um candidato,ou melhor, candidata, no caso de Dilma, a laranja de Lula. Muito azeda, para meu gosto, e, se leita, será o poste de Lula. E o stalinismo cleptocrata terá chegado finalmente ao poder no Brasil. Execrado no mundo, na Europa desacreditado desde os anos cinquenta, o stalinismo finalmente chega ao poder no Brasil. Mas, vamos ver. Serra é forte, e o povo não é tão bobo. Quem errar menos, vence, como numa complicada decisão de copa do mundo.

TIA MÁRCIA

Vou publicar umas pequenas crônicas de minha querida tia Márcia. Ela mora em Recife, tem duas filhas com dupla nacionalidade francesa brasileira, Karine e Natacha, que atualmente moram na França. Estudou e passou a infância em Garanhuns, quando ainda na adolescência foi morar em Recife, mais precisamente em 1964. Estudante de ciências sociais, formou-se em sociologia, e trabalha até hoje com as comunidades pobres, mais especialmente na área de delinquência juvenil. Foi também militante política, como muitos jovens idealistas, forjados no espírito da guerra-fria e na revolução cubana. Suas histórias refletem temas do cotidiano, que misturam experiências existenciais e memória, pois, como diria Gilberto Freyre, nunca deixamos de ser os meninos que fomos no passado. Tia Márcia também é minha irmã, daquelas mais velhas, pois fui criado junto destes filhos de Maria Irenita, e Fausto Souto Maior, meu avô, sobretudo os mais novos, que me influenciaram e ainda me influenciam bastante, como o falecido prematuramente Rogério, Nita, Fausto e Romero.
Estas crônicas são muito bonitas, e como as boas crônicas, retratam as coisas simples do cotidiano, misturas de imagens com pensamentos, reflexões de vida, enfim, você leitor, tire as suas conclusões.

Um comentário:

  1. Lembro-me que durante uma das ótimas aulas que assisti com o senhor, saiu-lhe a expressão '' O Socialismo está na lata de lixo da História''. Essa frase me marcou muito tanto que, em minhas conversas com muitos esquerdopatas- Há muitos por aqui tbm- eu o parafraseio, usando-a. Acredito que ela mostra o quanto o Brasil virou aterro sanitário de ideias que, mundo afora, perderam seu encanto e serventia. Acho que no Brasil, os políticos e grande parte da sociedade vivem noutro espaço-tempo político,infelizmente. Quanto atraso.

    ResponderExcluir