segunda-feira, 16 de novembro de 2009

Estou de volta ao blog, agora com nova roupagem. Voltarei a falar mal de muita gente, sobretudo do nosso "progressista" meio político. Principalmente neste momento em que assistimos o maior espetáculo de besteiras jamais proporcionado por um presidente na nossa famigerada, mas necessária república. Besteiras estas que são faladas , tão ao gosto do meu amigo Roberto Almeida, com um linguajar bem popular, que o povão entende. E o povo, apesar de não entender nada, aplaude, vendo Lula desafiar seus desafetos, principalmente Fernando Henrique um intelectual, que ele no fundo inveja mas detesta. O populismo messiânico politicamente é um horror. Seria, para nós, o fim da picada, nesse início de século. Podendo atrasar consideravelmente adoção de um sistema político e econômico verdadeiramente democrático, com o devido aperfeiçoamento das nossas ainda frágeis instituições. A América Latina sucumbe ao polulismo. E nós, aonde vamos?

Nenhum comentário:

Postar um comentário