terça-feira, 13 de junho de 2017

Hábitos salutares - Olavo de Carvalho

  1. Saúde

Hábitos salutares

6 de junho de 2017 - 10:22:01
Atenção, crasse médica: “Hábitos salutares” é a puta que os pariu.
Dois anos atrás fui picado com um carrapato que fodeu com a minha vida. Até hoje não tenho um diagnóstico preciso, mas cada sábio que consulto me diz para parar de fumar e “adquirir hábitos salutares”. Eis aqui um hábito salutar: aprendam a diagnosticar.
Qualquer que seja a sua doença, os médicos dizem para você parar de fumar. O fumo, entendem, é um agente essencial em todas as doenças. Nos últimos trinta anos, o número de fumantes nos EUA diminuiu para um terço do que era. E não há uma única doença cuja incidência tenha diminuído significativamente. Portanto, pau no cu do princípio número um da terapêutica, de que removida a causa cessa o efeito.
Minha Tia Martinha morreu com 102 anos sem nunca ter sabido o que era ginástica, dieta ou a porra dos hábitos salutares. Minha mãe está com 99 anos, firme e lúcida, nunca fez ginástica nem dieta, só diminuiu espontaneamente a quantidade de comida à medida que ela mesma ia diminuindo de tamanho.
Hélio Angotti Neto tem razão: nos dias que correm, o hábito mais salutar é andar armado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário