sexta-feira, 13 de maio de 2016

O custo desproporcional da cultura - com O Antagonista



Juca Ferreira usou o ministério da Cultura, agora extinto, para alavancar sua candidatura a prefeito de Salvador.
Um de seus últimos atos foi arrancar uma linha de crédito de 100 milhões de reais do Fundo de Amparo do Trabalhador para bancar empreendimentos musicais.
Michel Temer tem de eliminar essa farra

2 comentários:

  1. O BRASIL ONTEM E HOJE: I

    Difícil mesmo administrar o Brasil com os seus contrastes e suas diversidades culturais e seus problemas corriqueiros.Os ex-presidentes do Brasil de 1989 a 20014 governaram sem o combate sistemático ao sistema que formou uma ELITE privilegiada de mordomias e outras coisas mais.

    As raposas e os corruptos do Brasil que são muitos e representam prefeitos,governadores, deputados estaduais e federais quando sentem que os seus interesses estão sendo ameaçados eles pintam e bordam.

    Nem o PT escapou que era o partido ético.Em 8 anos de FHC e Lula foram festas e mais festas tudo em nome da cultura.Foram festas demais.Diziam que essa juventude somente votava na base de festas.

    Tiraram as bandas,os shows,as comidas,os sapatos,os cortes de panos,as cirurgias,os botijões de gás e no lugar dessas coisas os políticos passaram a dar dinheiro ao vivo e em cores.

    O PT achou tão bom que no interior era todo mundo ao lado do Lula e da Dilma.Passou as eleições de 2014 e as contas teriam que ser pagas.Nada mais batia e quem mentiu e foi leviano teve que refazer os seus cálculos.

    Foi chamado um Ministro da Fazenda Joaquim Levy.Todos passaram a criticar o homem inclusive o PT do Lula.A ponto de tirarem da Fazenda e os problemas foram avolumando todos os dias.Foi proposto a renovação da CPMF criticada pelas oposições e pelo Skaf do PMDB de São Paulo.

    Esse foi um dos impostos mais bem cobrado e justo e que iria para a saúde pública do Brasil.Errou o PT quando votou contra e errou o PSDB quando votou contra a sua renovação em dezembro de 2007.Ambos os partidos jogaram e fizeram gols contra o Brasil e contra a nossa frágil democracia e saúde pública brasileira.Foram no mínimo R$ 320 bilhões a menos nestes 8 anos sem a CPMF.

    ResponderExcluir
  2. O BRASIL ONTEM E HOJE: II


    As farras e festas foram muitas pelo Brasil inteiro.Quando o Prefeito de Garanhuns sabiamente e corretamente cancelou o festival Jezz toda a imprensa de Garanhuns lhe criticou como se o dinheiro fosse mato que se encontrasse por todo o lugar.Nenhuma cidade hoje faz mais festa do que Garanhuns.Mas no outro dia as bandas levam os milhões e o comércio faturou o quê? E a geração de emprego de emprego e renda? Será que é correto isto?

    O mundo vem em crise e não é de agora.Desde 2008 quando estourou a crise norte americana graças a invasão do Iraque por BUSH e quebrou o mundo.Assim que o Barack Russein Obama assumiu em 2009 ele tomou emprestado ao mundo 4 trilhões de dólares emprestados para os EUA não quebrar.

    Em 2010 o Brasil espalhou obras e mais obras e assim o Lula deixou empenhado R$ 129,6 bilhões para a Dilma pagar. Naquele mesmo ano os políticos brasileiro inclusive o PT dançou e fez festas e mais festas quando aprovaram R$ 10.000,00 de aumentos a todos os políticos do Brasil . Foram 62,83% de aumentos e os efeitos cascatas foi de arrombar.Mas o PT continuou gastando e festejando .Nenhum controle nos gastos e os políticos em geral todos pensando somente neles.Em 2014 foi que a festa continuou e tome mais R$ 7.000,00 de aumentos.

    No total em 12 anos foi R$ 17.000,00 de aumentos. E todas as outras categorias pressionaram por aumentos e mais aumentos.Veio 2015 e as contas teriam que sofrer aumentos.Aumentou a gasolina,óleo diesel,energia,juros e o escambau.

    A presidente Dilma somente restaria uma saída: aumentar o IPI de 2% para 7%,os juros de 12% para 14,25% as alíquotas disso e daquilo e todos as taxas foram aumentadas e tudo mais.Mas a recessão batia sua porta.E o país vivendo somente de um passado que era a operação lava jato.Um guerra entre PT e PSDB para se saber quem roubou mais ou quem roubou menos.Prendia-se empresários,políticos,tesoureiros,marqueteiros, doleiros e lobistas e terminaram prendendo o Lula e publicaram as conversas proibidas e grampeadas do Lula e Dilma e assim foi se fixando o cerco.

    Pelo meio do caminho vinha a operação lava jato um verdadeiro inferno de pirotecnia e a população chateada e stressada de tantas notícias ruins.A presidente Dilma pedalando e dizendo que nada devia e não deve mesmo.Não roubou e nem matou para ser taxada de cometer crime de responsabilidade.Mas existiram as pedaladas e créditos suplementares emitidos tanto por FHC e Lula quanto por ela.Mas que o VICE PRESIDENTE chamou toda a responsabilidade para cima dele e assim aplicou um golpe o que nós chamamos de Paraguaio.Caso o Vice Michel Temer tivesse permanecido em casa feito o Itamar Franco ninguém hoje lhe acusaria de golpear a democracia brasileira ao lado do PSDB e DEM os dois maiores partido e oposição no Brasil.

    Concluindo o raciocínio acima eu afirmo e reafirmo: Michel Temer e Eduardo Cunha tudo vocês fizeram para o GOLPE PARAGUAIO então que assuma o bônus e o ônus de consertar o Brasil diante do políticos corruptos e picaretas, achacadores e traidores: Lula e Dilma foram traídos pelos amigos que ontem comiam,bebiam e dançaram tudo juntos em nome da governabilidade e da unanimidade que são burras por natureza.Os pepinos do Brasil hoje muda apenas de lado e cai no colo do Michel Temer do PMDB.Não vamos chorar e quebrar tudo.O mundo gira e amanhã será outro dia.

    ResponderExcluir