terça-feira, 22 de maio de 2012

QUADRO POLÍTICO EM GARANHUNS

A decisão de "peitar" o governador, colocando sua candidatura, é o fato novo da política da cidade. Assinala o rompimento do candidato Zé da Luz em caráter definitivo com Eduardo, pelo menos nestas eleições, se colocando nos braços de Sérgio Guerra, que é quem vai patrocinar sua candidatura, juntamente com Silvino e Luís Carlos, o prefeito. Izaías se isola, mas tem como patrocinador Armando Monteiro, e parte da classe média que votava em Silvino, poderá migrar para a sua candidatura. Afinal, quem tem um mínimo de instrução, não vota em Zé da Luz, o candidato do lumpesinato da cidade. Com muita marquetagem, poderá crescer, dependendo da carta na manga do governador. Em outras palavras, por trás das três candidaturas espreitam três raposas felpudas da política estadual, que travam forças nesta eleição. Eduardo Campos, Sérgio Guerra e Armando Monteiro. Vai ser uma árdua disputa, pois quase metade do eleitorado continua indeciso. Pode ocorrer um elemento surpresa, mas acho difícil. Enquanto isso, a pobre Caetés vai sangrar ainda mais. Vai ser uma das campanhas mais sujas da história da cidade. Quem viver, verá.

Nenhum comentário:

Postar um comentário