quarta-feira, 13 de outubro de 2010

PSDB e PT


(León Trotski)

PSDB E PT




Concordo com Paulo Camelo quando o mesmo diz que tanto PT, quanto o PSDB são partidos social-democratas. O PSDB já nasceu autoproclamando-se social-democrata, pois foi uma dissidência do PMDB já contaminado pelo adesismo. Só que, o PSDB é essencialmente um partido de quadros, o PT de massas, pelas suas relações, desde o nascimento revolucionário, com os chamados movimentos sociais e os sindicatos. Partidos social-democratas se caracterizam pelas reformas processuais dentro do capitalismo, rumo a uma sociedade mais igualitária, ou seja, mais justa socialmente falando. A social-democracia governou inúmeros países europeus do pós-guerra, como a Inglaterra e a Alemanha, depois da redemocratização, a Espanha e a França com Miterrand. A conta do estado do bem estar social está chegando agora, com a crise européia. Antes o estado do bem estar social recebeu muitos reveses, sobretudo durante a era Reagan e o chamado neo-liberalismo que dominou o cenário europeu pós queda do muro de Berlim. Seria a tão propalada vitória do liberalismo e o “fim da história”, segundo pensadores como Fukuyama, ligado à academia norte-americana. De lá para cá, tivemos a ascensão do terrorismo e do fundamentalismo islâmico, e do capitalismo de estado chinês. A crise econômica norte-americana faz surgir no horizonte perspectivas de um mundo multipolar, com a sempre maior participação dos chamados emergentes , como a própria China, a Rússia, a Índia e o Brasil.

O que acho interesante, porém respeito muito, é a fidelidade a uma ideologia que já estava morta na Europa , pelo menos desde os anos cinquenta do século XX. O marxismo-leninismo já não atraía ningúem na Europa do pós-guerra, sobretudo nas áreas do chamado “socialismo real”. Já fui um admirador de Trotski, sobretudo porque, era através dele que podíamos criticar o chamado “socialismo real” sem abandonar a fé marxista-leninista. Afinal, foi Trotski quem organizou o exército vermelho, garantindo assim a vitória da então chamada revolução de outubro, que na verdade foi mesmo um golpe de estado, sendo a revolução propriamente dita ocorrida durante a guerra civil que duraria atá eproximadamente até 1921. Trotski queria coletivizar a agricultura logo. Stálin fez durante a década de 30, matando milhões de fome e de morte matada, em campos de concentração. Ambos eram uns autocratas, assim como Lênin. Todos tiveram uma ampla participação na formação do totalitarismo europeu do século XX. Devem estar na lata de lixo da história.


CHIADEIRA




Já estão chiando muitos eleitores petistas com a ascensão de Serra nas pesquisas. Ainda não vi, mas dizem que ele vai passar Dilma, o que é muito bom para o Brasil. Afinal, aqui não é uma Bolívia, ou mesmo Argentina, quando o chefe aponta o iluminado e o povo vota sem pestanejar. É o popular dedazzo, tradicional no velho e carcomido PRI mexicano. Mas não. Felizmente as coisas estão mudfando, sobretudo quando a população sentiu as roubalheiras da secretária Dilma, na casa civil. Aliás, este fato é que está mudando o voto, e não questões religiosas como querem fazer crer. Aliás, apostar no carisma de Lula não é apostar nalgum tipo de fundamentalismo? Cadê que os petistas chiam, quando o “todo poderoso” fala? E quando confessam que o carisma presidencial tudo vai resolver? Se Serra ganhar, quero ver a choradeira. E a podridão deste governo se Serra mostrar mesmo suas entranhas.



UM DIA SEM INTERNET



Passei um dia sem internet. Que sofrimento... Por essas e outras, é imprescindível a inclusão digital. Pela mais rápida ampliação da internet. Pela efetiva democratização da rede.







ABORTO



E aí, Dilma, vosmecê é a favor ou contra? Se a favor, aguente a fúria dos religiosos. Se for contra, explique porque não é oportunismo eleitoral. Aliás, os programas do PT defendem abertamente o aborto. Agora querem esconder debaixo do tapete. E as estatizações? Quiseram ressuscitar o fantasma das privatizações, repetindo a tática da canpanha passada. Vai de novo a pergunta: Por que o povão tem grande carinho pelas estatais? Eles ainda acreditam que estatal é bom para o povo. É. Isso é a falta de escolaridade, não? Mas a maioria dos professores também pensa assim. Seria o caso de mandar-lhes de novo para a sala de aula. Estudar história, por exemplo. Seria bom. Mas muitos não íam passar. Vocês duvidam?

2 comentários:

  1. não vejo tanta diferença entre os candidatos,essa história que dilma não tem capacidade porque nunca governou é conversa pra boi dormir.
    o governo LULA tem números louváveis,manteve e aprimorou o legado de FHC,inovou em algumas áreas,superou uma das maiores crises mundiais e de quebra vem batendo recordes e mais recordes em termos econômicos.
    quem foi seu braço direito e sua executiva?DILMA mostrou competência e dinamismo,foi taxada de autoritária pois cobrava resultados,e serra parou de bater na tecla em que dizia que a mesma não tinha competência.
    e agora vem o debate de duas propostas;PSDB ou PT,cada um com oito anos de mandato,números a mostrar e cada um faça seu julgamento.
    creio que o nordeste continuará com um crescimento forte se o PT obtiver a vitória,os paulistas e mineiros do PSDB só olham para seus umbigos.
    e acho raro uma ascensão de serra,aborto,erenice,demonização da candidata,lembro que LULA sofreu muito com a indiferença,incredulidade,preconceito e afins,mais saiu fortalecido e hoje mundialmente falando é um grande líder.
    ricardo motta,recife

    ResponderExcluir
  2. Estatais sempre foram e serão cabides de empregos para pelegos. É um fato. Mais pior e ainda mais urgente é a doutrinação que a péssima escola pública faz com as crianças. Isso vai até as faculdades cabeças de porco que tanto abundam por aí. Sobre o Socialismo Real, foi tudo uma farsa. Foi ótimo, para gerar cadáveres e eliminar liberdades. Ficou na promessa. Agora tentam um revival, a là lulismo e bolivarianismo. Sobre a eleição, já foi boa o suficiente, desinflou muitos egos e levou o PT a diminuir seu sonho de grandeza. Afinal, os 4% que não apoiavam o governo não eram só 4%. Lula não tava com essa bola toda. A máscara de democrata já caiu lá fora, começa tbm aqui dentro. Felizmente.

    ResponderExcluir