sábado, 14 de maio de 2016

O STALINISMO NAS INSTITUIÇÕES ACADÊMICAS - RAFAEL BRASIL



O ambiente acadêmico ficou louco. A maioria dos professores e funcionários estão raivosos com a tirada do PT do poder. Hajam estripulias sofísticas e raivosas para desqualificar o impeachment como golpe. Golpe uma ova! Nunca houve uma quadrilha tão deletéria encastelada no poder. 
Ainda mais os alunos de direita, os poucos que existem são hostilizados pelos ditos defensores das tais minorias. É fascismo puro. Um fascismo de esquerda, ou melhor o que sempre existiu de pior no comunismo. O stalinismo. 
Porém a classe acadêmica, com honrosas exceções, foi a principal responsável pela ascensão do petismo, uma espécie de comunismo disfarçado, tendo como principal mentor o comunista italiano Antônio Gramsci além dos carcomidos teóricos do chamado marxismo cultural da nefasta escola de Frankfurt.
 O pensamento desa gente domina nossas universidades sobretudo nas áreas de humanas. Que vão se lascar. Pela democratização de nossas universidades. Pela reforma radical, já. Abaixo a hegemonia esquerdista, e pela desestatização das nossas universidades.

Um comentário:

  1. É um direito de cada um dos PROFESSORES DO BRASIL por suas ideias para fora para que os seus alunos e ex-alunos (as) possam formarem o seu juízo de valor.

    O que levou e leva servidores públicas nas Universidades Federais se manifestarem a favor do PT do Lula e Dilma?

    Foram as mudanças que houve.Hoje o Brasil importa milhares de médicos porque deixamos de formar mais médicos.Porque as Universidades ficaram centralizadas nas Capitais impossibilitando o filho do pobre e do negro o acesso as essas Universidades.Foram 19 Universidades construídas e mais de 100 expansões pelo interior a fora.Filho de pobre pode sim continuar estudando e acreditando na sua potencialidade.

    A nossa direita que governou este país até 2002 teve todas as possibilidades de mudar e construir,mas não fizeram.Mas Lula e Dilma fizeram sim.

    Até 1999 uma PROFESSORA PRIMÁRIA ganhava em municípios do porte de Caetés e São João e tantos outros um salário de fome e de miséria.Em 1994 o salário mínimo foi de R$ 64,79,mas a Professora Primária ganhava apenas R$ 48,00.Em 1999 com o advento do FUNDEF passou para R$ 210,00.Foi um avanço sim.Mas as Professoras queriam um pouco mais.

    Em 2007 a hoje Senadora Fátima Bezerra do Rio Grande do Norte apresentou um Projeto de Lei e foi aprovado e foi sancionado pelo LULA e foi criado o PISO DO MAGISTÉRIO.Em 2008 a Professora primária passou a ganhar um piso de R$ 950,00.Hoje o piso está em R$ 2.135,64.É muito não.Deveria ser muito mais em comparação ao que ganha um TIRIRICA da vida hoje de R$ 33.763,00.

    Os filhos de pobre vinham para a Escola de pau de arara.Hoje estão vindo de ônibus amarelos e graças a Deus os alunos estão vindo para as Escolas para estudarem cada vez mais.Temos mais livros,mas faltam os bons leitores para apreciarem as aulas de história,geografia,português,química, física e afins.

    Portanto,é obrigação do governo garantir Educação para todos e que todos possam aprender cada vez mais para aprenderem a fazerem as mudanças que o Brasil precisa e necessita.

    ResponderExcluir