quinta-feira, 7 de fevereiro de 2013

CAETÉS - POSTURA DEMOCRÁTICA NA EDUCAÇÃO

A secretária de educação de Caetés Soraia Almeida vem tendo uma postura de diálogo com todos os segmentos da educação , e democrática em sua essência, postura que deve não só ser aplaudida como estimulada. Bem diferente das administrações anteriores onde imperava a truculência, sobretudo com adversários ou dissidentes políticos, e até mesmo críticos pontuais.
Numa reunião realizada esta semana, todos os professores efetivos tiveram o direito de optar por suas escolas preferidas, antes de começar as contratações, pois há anos na cidade não   se faz concurso, e é preciso preencher as vagas, que são muitas. Já as contratações estão sendo feitas meticulosamente, tendo como critério principal, a formação acadêmica, e a experiência profissional. 
Muitos adversários estão admirando esta nova e salutar postura, e sabem que a educação do município estava mais do que sucateada. É preciso recomeçar quase tudo, e para melhorar é preciso ter esta postura, não só democrática, mas visando a meritocracia. Claro, democrático mesmo seria o concurso público, mas é preciso arrumar a casa e logo mais fazer uma seleção com um instituto competente e sobretudo probo, não como queriam os derrotados em fim de mandato.

HISTÓRIA DE UMA PROFESSORA DE CAETÉS

Tem uma professora efetivada por concurso em Caetés que tem uma história exemplar. Excelente profissional, de larga postura ética e de responsabilidade social, sempre foi oposição ao grupo derrotado nas eleições passadas. E sempre foi de uma oposição atuante, livre e aberta. Para a perseguir, a colocaram numa escola problema na Vila do Araçá, com os piores alunos, estes escolhidos previamente. Para se vingar, a nossa brava professora alfabetizou TODOS OS ALUNOS em um ano. Esta "vingança" a tornou respeitabilíssima até pelos rabugentos adversários que a perseguiam. 
Quando diretora da escola estadual Luís Pereira Júnior, levantou dinheiro com a comunidade e construiu um galpão para suprir a falta de salas de aula. O "colunista" Jodeval Duarte, a soldo dos poderosos locais, publicou uma nota no Jornal do Comércio, chamando-a de turista. Um safado. Muitos sabem o nome dela. Quem advinha? 

Um comentário:

  1. EU BOTEI O "OI" NESSE CABRA E NÃO GOSTEI. ESSE JODEVAL DUARTE NÃO PRESTA!!! ISSO É COMUNISTA CAVIAR, DEFENSOR INTRANSIGENTE DOS PETISTAS LADRÕES!!!

    ResponderExcluir