terça-feira, 21 de maio de 2019

GENERAL HELENO MANDA UM RECADO AO STF E A CLEPTOCRACIA NACIONAL - RAFAEL BRASIL


Resultado de imagem para general heleno e bolsonaro

Vejam o pronunciamento do general Heleno. Os militares estão realmente preocupados com a institucionalização democrática do país. Não é mais suportável estas manobras para acobertar criminosos. 

"Brasileiros honestos, e com um mínimo de compromisso com o futuro do País, reflitam. O STF concluirá,em breve, uma das manobras mais tenebrosas e bem urdidas da História do Brasil. Eliminando a prisão após a condenação em segunda instância e acabando com o foro privilegiado (o que poderia até parecer positivo), o STF institucionalizará, para todos os indiciados em processos de corrupção (dispensável citar o nome dessa corja), a impunidade e a inevitável prescrição dos crimes. Os recursos e embargos se encarregarão de cumprir essa tarefa. Não só a lava-jato, mas o próprio Brasil estará liquidado e será entregue definitivamente a essas quadrilhas. Vamos assistir passivamente?"
É muito descaramento e desprezo ao povo brasileiro estes tristes conchavos da cleptocracia nacional, envolvendo membros do legislativo e das altas cortes do judiciário, sobretudo do STF, cujos alguns ministros estão envolvidos em muitas maracutaias. Isto todo o Brasil, sabe, e não quer mais. Em síntese, a sociedade é que tem que pressionar não só nas redes sociais, mas nas ruas, igrejas e locais de trabalho. 
Os militares enfim, tem mentalidade modernizadora, e evidentemente isto também no campo político e de aperfeiçoamento institucional. E a sociedade quer mudanças, evidentemente, mas está desorganizada. A direita nem tem um projeto de partido, o que é lamentável. Mas não tenhamos dúvida. Quem está ao lado da modernidade e do aperfeiçoamento politico e institucional? A esquerda desmoralizada? Tem que ser a direita, moderna e conservadora, o que pode parecer uma contradição em termos, mas o que é o conservadorismo senão um ceticismo natural, em poucas palavras o desconfiômetro? Ou seja, nem tudo que é moderno presta, nem tudo o que é antigo é ruim. Precisamos de ordem, estabilidade democrática e modernização, não só da sociedade, mas do estado. Um estado que nem ensina o povo a ler, está fadado ao fracasso, a mediocridade, nossa maior doença. Quem duvida?

Nenhum comentário:

Postar um comentário