terça-feira, 28 de agosto de 2018

BOLSONARO NA GLOBO, DOIS A ZERO - RAFAEL BRASIL


Muito boa a participação de Bolsonaro no Jornal Nacional agora. Firme, com um discurso direto ao povo, com uma linguagem simples para os brasileiros que não o conhecem e os que ainda tem preconceito contra direitista. Afinal ser de direita, desde a redemocratização, passou a ser um palavrão. A propaganda comunista, intensa na imprensa, e nas chamadas classes falantes, associou a direita ao fascismo, ou os seguidores de ditaduras. Para a esquerda, ditadura só de direita, mesmo. Esquecem que as ditaduras de esquerda mataram e oprimiram quase a metade da população terrestre no sangrento século XX. Todas as ditaduras de direita não deram nem um Pol Pot, que matou cerca de 3 milhões de pessoas no Camboja. Mentir é um mantra comunista, quem estuda sabe. E o povo quer ordem, gosta de família, quer sair da pobreza e detesta bandido. O discurso conservador é forte, e o povo é saudavelmente conservador. Ótimo.

Um comentário:

  1. Em vinte e sete minutos não dá para se expor os problemas do Brasil e muito menos se falar das presepadas que a Globo inventou para parir o próprio Bolsonaro.

    A rede globo de televisão ,a veja e seus blogueiros e afiliadas falaram tanto mau do PT do Lula e da Dilma nestes 2 últimos anos que,hoje,vão ter que engolir as merdas que fizeram.

    Atacaram tanto o PT de ser a maior organização criminosa do mundo e o Lula era o chefe segundo Deltan Dellagonol ,Sérgio Moro e a Globo que,pariram os ratos e hoje querem destruir quem eles mesmo criaram dando cordas.

    Jamais pego no meu teclado para atirar pedras no Bolsonaro porque ele mesmo com suas falas nas redes sociais tira voto dele mesmo.

    Por 21 anos a população brasileira ficou calada vendo tudo isto acontecer por debaixo do pano e do tapete.Somente por 8 anos FHC do PSDB E PFL engavetaram 16 pedidos de CPIs.Quando se abre as mesmas estão todos os grandes partidos envolvidos direta e indiretamente.

    Em 27 minutos não dá para falar da terceirização irrestrita,do fim da CLT,do congelamento por 20 anos dos recursos para Educação e Saúde,das privatizações escandalosas, da venda do pré-sal, da quebradeira das 6 maiores construtoras do Brasil pela operação lava jato,das prisões coercitivas ilegais,dos assaltos cometidos por todos os partidos grandes (PSDB,PMDB,PT,PTB,PSD,PROS,PPS,PDT,PSB,PR,REDE,etc).

    Não dá para falar das duas denúncias contra o presidente atual em 2017 quando os mesmos deputados federais inclusive o Jair Bolsonaro que votaram contra Dilma em 2016 foram os mesmos que em 2017 votaram por 2 vezes para salvá-lo das corrupções eleitorais inclusive o Jair do PSL.

    Finalmente,o Jair hoje pode falar,pode criticar,pode xingar,pode ameaçar,pode querer armar a população,mas que durante 21 anos de regime militar a população vivia armada e mesmo assim se matava a torto e a direita.Eram os coronéis do Nordeste que casavam e batizavam.

    As policias tomavam as armas e os políticos conseguiam de voltas e as polícias ficavam desmoralizadas.As polícias ganhavam salários de fome e de miséria e nem tinham uma carroça para andar e muito menos tinham alojamento e faziam suas próprias refeições.0s soldos eram tão baixos que não tinham créditos nas praças.

    ResponderExcluir