sexta-feira, 8 de junho de 2018

Ricardo Noblat: Mais um capítulo da farsa Lula candidato



- Blog do Noblat

Encarcerado promete um Brasil feliz de novo

Quer ironia maior do que o PT ter escolhido Minas Gerais para lançar, hoje, a candidatura de Lula a presidente da República?

Minas, um Estado quebrado, é governado pelo PT. O governador Fernando Pimentel é processado por suspeita de corrupção.

Desgovernado, Minas foi palco, esta semana, de uma onda de ataques a ônibus que destruiu ou queimou mais de 100 deles.

Ex-policiais ocuparam o Palácio da Liberdade, sede do governo, para protestar contra atrasos no pagamento de suas aposentadorias.

Os prefeitos dos mais de 600 municípios mineiros ameaçam entrar em greve porque não recebem o dinheiro que o governo lhes deve.

E o slogan da campanha de Lula acena para um “Brasil feliz de novo”… E o candidato está preso e não disputará a eleição…

Sem falar dos seis governadores do partido que têm pressa na escolha de outro nome para substituir Lula como candidato.

Por modéstia ou realismo, o PT estima que duas mil pessoas compareçam ao ato na cidade de Contagem.

É pouca gente para quem ameaçava incendiar o país se Lula fosse preso. Quem ameaçou e quase incendiou foram os caminhoneiros.

O ato em Contagem será comandado pela senadora Gleisi Lula Hoffmann, presidente do PT e processada por corrupção.

Nenhum comentário:

Postar um comentário