terça-feira, 21 de março de 2017

AÉCIO E ALCKMIN NA LISTA DE JANOT. BOM PARA DORIA - COM O ANTAGONISTA

O Santo está nervoso


Eduardo Paes, codinome Nervosinho, e Geraldo Alckmin, codinome Santo, aparecem na lista Janot.
O Globo dedica a manchete de primeira página aos pedidos de abertura de inquérito contra esses dois.

Santo cunhado (quatro meses depois)

O Globo diz que o pedido de abertura de inquérito contra Geraldo Alckmin “estaria relacionado a repasses que a Odebrecht fez para as campanhas dele ao governo de São Paulo, em 2010, e também em 2014.
Segundo um dos delatores, pelo menos um dos pagamentos teve como intermediário Adhemar Ribeiro, cunhado do governador”.
Os leitores de O Antagonista já sabiam disso (obrigado, fonte).

Santo STJ

Geraldo Alckmin, codinome Santo, está na lista Janot.
Segundo a Folha de S. Paulo, porém, ele será poupado no STJ.
“No meio político, há a expectativa de que as acusações contra governadores, especialmente os tucanos, sejam mais brandas que as demais no rol da operação.
O vice-procurador geral Bonifácio Andrada, que toca os processos no STJ, tem passado ligado ao PSDB – foi advogado-geral da União, no governo FHC, e de Minas, na gestão de Aécio. E tem bom trânsito com Gilmar Mendes”

Seis vezes Aécio

Aécio Neves, segundo O Globo, “aparece como um dos alvos centrais em pelo menos seis pedidos de inquérito” da lista Janot.
A reportagem não soube informar do que se trata, porém.

Nenhum comentário:

Postar um comentário