sábado, 11 de fevereiro de 2017

Temer é quase infantil com os amigos” - com o Antagonista

“Temer é quase infantil com os amigos”

A nomeação de Moreira Franco, codinome Angorá, para o cargo de ministro da Secretaria Geral da Presidência é o mais recente de uma série de erros de Temer, quando se trata de lidar com amigos problemáticos. “Foi um erro primário”, afirmou o Fernando Schüller, cientista político do Insper, a O Antagonista.
Veja os principais trechos da conversa:
O Antagonista – Alexandre de Moraes no STF; Lobão na CCJ; Rodrigo Maia e Eunício Oliveira no Congresso. Está armado o cenário para a operação-abafa da Lava Jato?
Fernando Schüller – O sistema político é incapaz de deter a Lava Jato. Faz dois anos que se fala que a operação será abafada, mas ela não depende do Congresso. As instituições são independentes e há muita lenda nessa discussão.
O Antagonista – Mas o Congresso pode aprovar leis para amordaçar a Lava Jato, como a do abuso de autoridade e a que extingue a prisão após condenação em segunda instância.
Schüller – Nem tudo o que o Congresso está discutindo é errado. Talvez o momento é que não seja o ideal.
O Antagonista – Os movimentos de rua se reuniram com Temer no mesmo dia em que Moreira Franco ganhou foro privilegiado. A mobilização acabou?
Schüller – Mesmo que haja uma diferença entre Moreira Franco, que é citado em delações, e Lula, que era investigado, e mesmo que se diga que ele, na prática, já era ministro, esse não era o momento de nomeá-lo. Temer incorre em grandes erros ao lidar com os amigos que estão no governo. Essas atitudes são quase infantis. Temer vive uma “síndrome dos amigos” e os movimentos de rua têm a obrigação moral de questioná-lo.
O Antagonista – A pinguela de Temer está balançando com isso?
Schüller – Temer tem uma agenda para o país, mas ela é muito tímida. Como ele tem a impopularidade a seu favor, poderia acelerar mais as reformas, retomar as privatizações. Nesse aspecto, o governo não é uma pinguela, mas uma ponte com alguma estrutura. O risco real de Temer é o TSE, mas, mesmo nesse caso, trata-se de um julgamento que vai demorar. Temer também tem o tempo a seu favor.

Um comentário:

  1. Eu nunca menti a mim mesmo.A Dilma é uma mulher honesta,mas estava cercada de uma quadrilhas de bandidos.

    Hoje eu posso afirmar sem errar,o Michel Temer faz parte dessa quadrilha de bandidos que tomou de assalto o poder.Eu tinha certeza que ele herdaria toda essa operação lava jato.

    Tomaram o poder quando viram o Dr. Juiz Sérgio Moro mandar prender o Líder do PT Delcídio do Amaral e em seguida mandaram prender o Lula com 200 homens fortemente armados e logo em seguida o Dr. juiz Gilmar Mendes proibiu o Lula de tomar posse na Casa Civil.

    Hoje o Temer paga pelos erros cometidos.Ele está cercado pelas quadrilhas do PMDB-PSDB -DEM-PP E PSD.O tempo dirá se eu estou certo ou errado!

    ResponderExcluir