sábado, 4 de fevereiro de 2017

LULA ADULA TEMER, SARNEY RENAN E JUCÁ PARA SE LIVRAR DA LAVA JATO - COM O ANTAGOPNISTA

Resultado de imagem para LULA COM TEMER E RENAN NO VELÓRIO DE MARISA LETICIA


Carta ao povo da Lava Jato


Lula é sempre igual.
Ele se livrou do impeachment, em 2005, fazendo um conchavo com Fernando Henrique Cardoso.
Depois disso, saqueou a Petrobras e venceu em 2006, 2010 e 2014.
Agora ele está mandando recados pela imprensa para montar outro conchavo.
A Folha de S. Paulo disse:
“O tom conciliador de Lula no encontro com Temer foi descrito por um participante como uma nova ‘carta ao povo brasileiro’, documento publicado pelo petista em 2002 para tentar abrandar sua imagem radical”.

Lula adula Temer, Sarney, Renan e Jucá


Lula se rendeu.
Com um pé e meio na cadeia, ele sabe que depende de Michel Temer para se salvar.
A bandeira branca foi erguida antes de ontem, no hospital.
Segundo O Globo, Lula disse a Michel Temer “que lhe telefonasse quando quisesse conversar”.
E também:
“O tom da conversa foi no sentido de deixar divergências políticas de lado. Os elogios a José Sarney foram os mais efusivos, segundo relatos de presentes ao encontro. Por diversas vezes, Lula se referiu ao ex-senador como ‘meu companheiro’ e ‘meu amigo’. Também se referiu a Renan Calheiros como ‘um dos maiores craques da política’. Abraçou cada um dos políticos e passou alguns minutos em conversa ao pé do ouvido com Romero Jucá”.

O grave problema de Lula


O encontro no hospital entre Lula e FHC foi testemunhado pelo ministro lulista Celso Amorim.
Ele disse a O Globo:
“Tive o privilégio de acompanhar um raro momento positivo da política brasileira nos dias de hoje. Acho que este encontro abre esperança”.
O jornal acrescentou:
“Amorim, não é de hoje, defende uma união entre FH e Lula para enfrentar os graves problemas brasileiros”.
O grave problema de Lula é a Lava Jato.

O grande conchavo


A Folha de S. Paulo anunciou o grande conchavo nacional:
“Após a visita a Luiz Inácio Lula da Silva no hospital onde Marisa Letícia estava internada, Michel Temer voltou a Brasília dando sinais de que pode, enfim, realizar um encontro com seus antecessores.
A aliados mencionou, além de Lula, Fernando Henrique Cardoso, José Sarney e Fernando Collor”.
Dos cinco convidados ao encontro, o único que não está enrolado na Lava Jato é FHC.
Se ele não for completamente tonto, vai embarcar imediatamente para Paris

Nenhum comentário:

Postar um comentário