segunda-feira, 27 de fevereiro de 2017

Herança maldita para toda indústria de petróleo - COM O ANTAGONISTA

Bilhete premiado


A respeito do bilhete premiado do pré-sal,vale lembrar que, além da Petrobras, todo o setor de óleo e gás saiu desmantelado depois de dois mandatos e meio de governos petistas.
Apesar de ter feito uma das maiores descobertas da história (as reservas do pré-sal), o Brasil conseguiu reduzir drasticamente nível de exploração de petróleo e também patinou na produção nos últimos anos. E isso não ter a ver com a queda do preço do preço, ocorrida a partir de 2014.
Leia algumas notas sobre o tema:

Herança maldita para toda indústria de petróleo

Economia  15:54
Não foi apenas a Petrobras que saiu ferida de morte pelos petistas e seus aliados, mas toda a indústria de petróleo. O número de descobertas de campos de óleo e gás no Brasil despencou no ano passado, segundo a Agência Nacional de Petróleo. A informação foi dada hoje pelo Valor.
Em 2016, as petroleiras encontraram apenas 22 indícios de óleo e gás em todo o território nacional, número que só perde para 1998, quando houve nove descobertas.
Ainda em 2016, não houve declaração de comercialidade de nenhum campo offshore (localizado no subsolo marítimo, de onde o Brasil extrai quase a totalidade de seu petróleo). Um campo é considerado comercial quando tem petróleo suficiente para compensar o investimento em sua produção.

Herança maldita para toda indústria de petróleo (2)

Economia  15:57
A redução do número de descobertas de petróleo no Brasil não tem a ver com o preço do barril. É, sim, mais uma das consequências nefastas provocadas pela política obtusa e corrupta dos quatro governos petistas.
“A queda do preço do barril, que ocorreu a partir de 2014, não justifica a redução de descobertas”, afirma Adriano Pires, diretor da consultoria CBIE. “Como a descoberta de um campo leva entre quatro e oito anos, as novas áreas que poderiam ter sido identificadas no ano passado deveriam ter sido leiloadas entre 2009 e 2013.”
Foi justamente nesse período de quase cinco anos que a dupla Lula e Dilma suspendeu os leilões de blocos exploratórios. Não custa lembrar que a partir de 1999 a ANP promoveu leilões anuais de blocos exploratórios. A descoberta do pré-sal, inclusive, foi feita em blocos leiloados em 2000 e 2001.
Em 2008, porém, após a descoberta do pré-sal, o governo Lula suspendeu os leilões. A justificativa era defender a soberania nacional. Não se podia entregar o pré-sal para estrangeiros, diziam os petistas. O real objetivo, sabe-se hoje, era manter tudo nas mãos da Petrobras, a galinha dos contratos de ouro, que os petistas pretendiam controlar por vários e vários mandatos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário