terça-feira, 28 de fevereiro de 2017

Blocos de rua são a certeza de que os hipócritas do bloco do 'politicamente correto' continuarão assombrando apenas a periferia


Blocos de rua são a certeza de que os hipócritas do bloco do 'politicamente correto' continuarão assombrando apenas a periferia

João Roberto Kelly, Ataufo Alves, David Nasser, Noel Rosa e outros inspiradores de velhos carnavais estariam no ostracismo, se dependessem do apoio dos pilantras que hoje pregam no Brasil (e outras partes do planeta) o politicamente correto. E demonizam quem pretende apenas se divertir.

Ainda bem que o carioca irreverente canta as marchinhas imortais e sustentam o carnaval. Nada contra quem prefere as baboseiras baianas... Afinal, vivemos numa democracia.

Nem o carniceiro Getúlio Vargas, muito menos os generais foram capazes de barrar a alegria do povo cantando 'Nêga do cabelo duro', 'Ô mulata assanhada', 'Olha a cabeleira do Zezé'...

Blocos de rua, sobretudo no Rio de Janeiro, são a certeza de que os hipócritas do bloco do 'politicamente correto' continuarão assombrando apenas a periferia.

Viva o Carnaval!

Viva o politicamente incorreto!

Nenhum comentário:

Postar um comentário