sábado, 10 de dezembro de 2016

Odebrecht mostra que a turma do PSDB e do PMDB perto da quadrilha Lula-Dilma não passa de trombadinha

Odebrecht mostra que a turma do PSDB e do PMDB perto da quadrilha Lula-Dilma não passa de trombadinha


Só o ex-gerente da Petrobras, Pedro Barusco, quadrilheiro da dupla Lula-Dilma, está devolvendo US$ 98 milhões (DÓLARES!!!) surrupiados da estatal.

A campanha presidencial de Serra teria recebido R$ 23 milhões (REAIS!!!) pelo caixa 2; Jucá R$ 22 milhões e, Alckmin, 2 milhões.

Quer dizer, se Barusco devolve 98 milhões, imaginem quanto de fato o pilantra abocanhou da Petrobras!

Pensando grande: se um simples gerente levou tanta grana, quanto terá levado o quarteto Lula, Dirceu, Palocci e Dilma, que mandava na República?

Odebrecht mostra que a turma do PSDB e do PMDB perto da quadrilha Lula-Dilma não passa de trombadinha.

Nenhum comentário:

Postar um comentário