quarta-feira, 2 de novembro de 2016

"Vantagem Pessoal" (3) - MORDOMIAS DO JUDICIÁRIO CONTINUAM. ATÉ QUANDO? COM O ANTAGONISTA


O Judiciário é vergonhosamente caro.
Os magistrados recebem auxílio-moradia garantido por uma liminar do ministro Fux.
A liminar já tem mais de dois anos e não é colocada em julgamento, pois consta que a maioria do STF é contrária ao pagamento do benefício.
Os contribuintes continuam a arcar com uma conta milionária imposta por uma liminar. E ninguém sabe até quando isso vai durar.

"Vantagem pessoal" (2)

Casos como o da recepcionista do tribunal da Bahia só reforçam a necessidade de uma reforma profunda no Judiciário. Para começar, o CNJ deveria divulgar a lista de quantos magistrados estão atualmente afastados de suas funções, mas recebendo salário.
Muitos deles foram aposentados compulsoriamente por envolvimento em crimes, dos quais o mais comum é a venda de sentença judicial. Garantir aposentadoria a magistrados criminosos é um absurdo completo, além de configurar enriquecimento sem causa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário