quinta-feira, 27 de outubro de 2016

SÃO AS ELITES QUE VOTAM NA ESQUERDA - RAFAEL BRASIL

Resultado de imagem para marcelo freixo

O discurso esquerdista sempre foi pautado pela tal da luta de classes. Uma ficção que ronda a política planetária desde os primórdios do sangrento século XX. É a elite partidária detentora da redenção histórica da fundação do paraíso terrestre apontando qual o futuro correto da redenção das mazelas sociais derivada da luta de classes. 
Por essas e outras o discurso esquerdista sempre foi contra a tal das elites, que são, fundamentalmente os capitalistas, os ricos, brancos, e cristãos, essencialmente. Sempre unidos na exploração impiedosa dos pobres, que assim precisam da proteção do estado, comandado pelo partido e seus comissários. Aliás estes seres iluminados vão promover um verdadeiro processo civilizatório, mudando os principais alicerces da sociedade capitalista opressora, inclusive a família, que agora deve ser diversa. Ou seja, sem este negócio careta de gênero, e outras "bobagens" mais. 
São estas pessoas que invadem escolas e depredam o patrimônio público com a complacência da mídia e de pais que vivem do maldito sistema e fingem lutar contra o mesmo. E que pregam o aborto e a total  liberdade, inclusive de delinquir. Consideram-se inimputáveis, e são realmente.
Pois nas eleições em São Paulo, o povo votou num empresário de sucesso, com idéias de um bom gerenciador do dinheiro do município. Este ganhou no primeiro turno folgado. 
No Rio vai ganhar o neo pentecostal Marcelo Crivella, ligado à igreja universal, uma das mais agressivas do pentecostalismo nacional. O povão prefere o tal bispo do que o Freixo, que é do cacareco político, mais um braço político do esquerdismo, o ridículo PSOL. Um partido que se diz socialista e libertário e apóia ditaduras como a cubana e venezuelana. 
É isso aí. Felizmente o povo é conservador. Eu particularmente, se morasse no Rio não votaria em ninguém. O que muita gente vai fazer, felizmente. Por essas e outras defendo ardorosamente o voto facultativo. Para votar em candidato ruim,  o sujeito devia ter pelo menos o direito de ficar em casa. Ou tomando umas com amigos, ou pelo menos assistindo televisão ou mesmo dormindo. Quem divida?

Nenhum comentário:

Postar um comentário