segunda-feira, 5 de setembro de 2016

MEGA OPERAÇÃO DA PF CONTRA QUADRILHA DOS FUNDOS DE PENSÃO


Uma gigantesca ação da Polícia Federal, batizada de Greenfield, se desenrola hoje por todo o país no cumprimento de 127 mandados. As investigações notaram ações criminosas nos fundos de pensão FUNCEF (fundo de pensão de funcionários da Caixa), PETROS (de trabalhadores da Petrobras),, PREVI (de funcionários Banco do Brasil) e POSTALIS (de trabalhadores dos Correios). Os cargos de administração e chefia desses fundos foram distribuídos entre PT e PMDB ao longo dos anos.
Os números dessa Operação são imensos: 7 mandados de prisão temporária, 106 de prisão temporária,  34 de condução coercitiva e envolve 38 empresas ou organizações. Estima-se que 600 policiais federais estão mobilizados no cumprimento desses mandados. A Justiça Federal, além de autorizar todos esses mandados, determinou o sequestro de bens que, somados, passam de R$ 8 bilhões.
Não há ainda nenhum informação sobre algum mandado envolvendo político de renome.
Para terem idéia do potencial de roubo desses fundos, vale lembrar que o PT causou um prejuízo de R$ 113,5 bilhões nos fundos de pensão, de acordo com a conclusão da CPI dos Fundos de Pensão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário