sexta-feira, 24 de junho de 2016

Custo Brasil - Eliane Cantanhêde



- O Estado de S. Paulo

Ministério Público Federal e Polícia Federal acreditam que o roubo no Ministério do Planejamento na gestão Paulo Bernardo (PT), durante o governo Lula, chegou a R$ 100 milhões, desviados de contratos com a empresa Consist, responsável pelo sistema de crédito consignado dos servidores federais.

Em delação premiada, Sérgio Machado (PMDB) disse que, nos seus cerca de dez anos na presidência da Transpetro, subsidiária da Petrobrás, repassou mais de R$ 100 milhões para integrantes da cúpula do seu partido: José Sarney, Renan Calheiros, Edison Lobão, Romero Jucá...

Um único gerente da Petrobrás, que nem diretor era, se comprometeu na delação premiada a devolver aos cofres públicos a bagatela de US$ 100 milhões: Pedro Barusco, ex-gerente executivo da Diretoria de Serviços da maior, mais simbólica e mais querida companhia brasileira.


Nestor Cerveró, ex-diretor da área Internacional da Petrobrás, disse em depoimento que transferiu uns US$ 100 milhões de propina ao governo Fernando Henrique Cardoso (PSDB) com a venda da empresa petrolífera Pérez Companc.

De grão em grão, a galinha enche o papo. Pois, de 100 milhões em 100 milhões (de reais ou de dólares), o País vai empobrecendo em saúde, educação, habitação, costumes, ética e o que, talvez, seja o mais assustador: em política.

O PT passou 20 anos na oposição, vendendo-se como puro contra todos os demais, os impuros, até assumir o poder e não apenas se embolar e se confundir com os impuros, como chegar a ponto de disputar com eles em diferentes modalidades:

“Quem dá mais?”; “É dando que se recebe”; “Toma lá, dá cá”.

Depois de 20 anos de uma disputa sangrenta, PT e PSDB, os dois partidos mais respeitados do País, se veem não diante, mas dentro de um cenário de terra arrasada. Se houvesse eleição antecipada, como alguns insistem em defender, quem seria candidato do PT? Lula, atingido em cheio pelos filhos, pelo partido, por sítios e tríplex? E quem seria o do PSDB? Aécio Neves, arroz de festa em delações sobre Furnas?

Nessa situação um tanto desesperadora, o mundo se divide em dois: a sociedade vibra com gravações, delações e prisões, mas o universo político começa assumir movimentos de autoproteção.

Quando o ex-tucano e ex-petista Delcídio Amaral viveu o ineditismo de um senador preso no exercício do mandato, o plenário do Senado aprovou e votou a favor da sua prisão. Quando o ex-tucano e peemedebista Machado entregou 20 políticos e fez um strike no PMDB de Michel Temer, o PT foi contido e discreto. Agora, quando o MP e a PF fazem busca e apreensão no apartamento funcional da senadora petista Gleisi Hoffmann, enquanto prendiam Paulo Bernardo, seu marido, o PSDB não ficou apenas contido e discreto, mas partiu para vibrante defesa.

Segundo o líder tucano, Cássio Cunha Lima, foi “um absurdo” um juiz de primeira instância mirar no apartamento funcional de uma senadora, pois só o Supremo Tribunal Federal poderia fazê-lo. “Apesar de políticos, somos gente (sic). É preciso ter um mínimo de compreensão com a dor alheia. O silêncio dos senadores é um silêncio respeitoso”, disse ele.

Trata-se do velho espírito de corpo, quando a Lava Jato escancara tudo, expõe todos e cada um. Aparentemente, nenhum partido sobrevive e todos os políticos caem na mesma vala comum, na percepção cruel e destruidora de que “todos são iguais”. O problema é que isso tudo dispara o espírito de corpo dos políticos, mas o brasileiro está cada dia mais espírito de porco – no bom sentido.

Ausência. O líder natural na América do Sul é o Brasil, que tem o maior território, a maior economia, a maior planta industrial, a maior população. Mas, apesar disso, o Brasil ficou totalmente fora do acordo histórico entre Farc e governo na Colômbia. Por quê? Por ideologia. Preferiu se agarrar à Venezuela, que é de “esquerda”.

8 comentários:

  1. Ninguém poderá dizer que o PT não é criativo em matéria de captar dinheiro sujo para os seus cofres. Não há nenhuma possibilidade que escape aos seus tentáculos e tudo o que é público é visto pela legenda como algo prestes a se tornar privado. Por isso, o seu gosto para que existam tantas empresas estatais, pois estas viram ótimas oportunidades para a captação de recursos. Já pensaram que tristeza seria para o partido se não houvesse uma única estatal no país?!?!?! A corja marginolulopetistas e os nazicomunopetralhas é tão criativa que criou a propina descontada no contracheque!!! Cada velhinho ou velhinha pensionista ou aposentados era descontado automaticamente R$ 0,85 centavos de cada para entrar no ralo da corrupção de bando de bandidos barbudos que criou a sofisticada organização criminosa chegando ao ponto de todos os cães vermelhos e comunistas serem adeptos do estatismo. mas privatizaram o país(para eles!!!) ao meterem as mãos peludas nos cofres das estatais para se lambuzarem com dinheiro suado dos trabalhadores e velhinhos aposentados de todo o Brasil...

    p.s.: - CUNHA É CONSIDERADO UM SIMPLES TROMBADINHA PERTO DA PETRALHADA LADRONA QUE ARROMBOU COM ESTE PAÍS. QUER DIZER: ARROMBOU E DEIXOU ARROMBAR...

    ResponderExcluir
  2. Agora vc e eu sabemos o motivo da prisão do grande de Lula e Dilma. Só do empréstimo consignado do meu pai aposentado eles roubaram R$ 60,00. Faça as contas para centenas de milhares de contracheques tungados. Isso sim é um GOLPE! GOLPE DE ASSALTANTE DE RUA...

    ResponderExcluir
  3. É preciso argumentar e praticar o contraditório ao que foi escrito acima pela jornalista que fez um comparativo correto sobre os assaltos aos cofres públicos diretos e indiretos praticados por todos os partidos que hoje ocupam prefeituras,governos estaduais e as demais empresas estatais e privadas.

    Estamos assistindo uma grande devassa nas empresas brasileira graças as leis aprovadas e outras não aprovados pelos DEPUTADOS FEDERAIS E SENADORES.Foram eles que criaram as duas maiores LEIS que regem tudo em nossas vidas: LEI DAS LICITAÇÕES 8.666/93 e LEI ELEITORAL 9.504/97.Nenhum casa comercial e nenhum taxista pode colocar nenhum adesivo de propaganda de partido nenhum.E nenhum empresa,banco,firma ou empreiteira pode doar dinheiro a político e a partido nenhum.Caso as leis tivessem sido cumprida,certamente,eles não teriam doado milhões e bilhões aos partidos políticos do Brasil.

    O PT se lambuzou,claro que sim.O PT foi safado ao lado do PSDB,PMDB,PSB,PTB,PR,PSDB,PV,PPS,SD,REDE,PSC,obviamente que sim.Mas vamos ponderar e pensar um pouco.

    No auge das prisões de empresários e empreiteiros,políticos e o escambau,o que fazem os DEPUTADOS FEDERAIS DO EDUARDO CUNHA em torno de 220 deles? Aprovaram uma PEC legalizando todas essas doações.Por sua vez o senado federal aprova uma PEC proibindo todas as doações.E no dia 15 de setembro de 2015 o supremo tribunal federal aprova a ADIN da OAB proibindo todas as doações empresariais aos partidos e aos políticos.E o que faz a presidente Dilma depois do sim do Senado e do STF VETA a PEC do Eduardo Cunha e seus astecas que nunca quiseram mudar nada porque aplicaram um golpe nas finanças públicas do Brasil fazendo um Deputado Federal ganhar mensalmente R$ 33.763,00.E em 2018 os salários deles irão para R$ 39.293,00.

    Enquanto um Professor não ganha em sua maioria R$ 1.900,000,mas um simples vereador de uma cidade pequena ganha em média R$ 6.000,00.Essa gente vale esse salário para quê?

    É muito triste a gente ver pela televisão e jornais,blogs em geral,Facebook cenas de famílias inteiras chorando e vendo os seus sendo encarcerados.Tudo porque a CÂMARA FEDERAL AGEM DE UMA MANEIRA E FORMA E O SENADO AGEM DE OUTRA TOTALMENTE DIFERENTE.

    Eu jamais atingiria a idoneidade física e moral de nenhum ex-presidente da República do Brasil desde 1985 quando todos eles fizeram parte desse sistema corrupto que tem formado o político pilantra,corrupto e bandidão.

    Este ano pela primeira vez todos os candidatos a prefeitos e vereadores terão uma eleição sem a interferência direta dos empresários e empreiteiros,bancos e firmas doando milhões e bilhões para nós políticos fazermos campanhas políticas comprando o povo escandalosamente.E estas coisas aconteceram em Caetés terra do ex-presidente Lula e Garanhuns,apenas alguns exemplos.

    Eu tenho sim lido todos os comentários dos blogueiros Jornalista Roberto e Júnior Almeida,Professor Rafael Brasil um grande mestre e também do Altamir Pinheiro que nos levam a uma profunda reflexão.

    Portanto, é preciso ponderar e ser coerente praticando sempre a verdade,porque a minha termina quando começa a dos senhores.Finalmente, viva a democracia sem golpe e sem trairagem!

    ResponderExcluir
  4. Os petralhas são aquele tipo de gentalha imitativa dos Robin Hood de boteco, os reis da malandragem que enriqueceram sem pegar no batente. Na verdade são pançudos comedores de pão com mortadela e bebedores de tubaína... XÔ CARNIÇA PETRALHA!!!

    P.S1.: -É mentira, anônimo pó de giz!!! Simplesmente mentira. pó de giz!!! Quer ser útil para sua quadrilha?!?!?! Vá para a porta do PT do Recife, estão precisando de manifestantes por lá!!! Por cabeça, eles oferecem um pão com mortadela e 30 paus para segurar o pau da bandeira deles... XÔ LADRÕES DE VELHINHOS PENSIONISTAS!!!

    P.S2.: - Ser contra a petralhada ladrona e seus respectivos puxa-sacos não quer dizer automaticamente que fulano apoia outro partido cheio de corruptos... esta CORTININHA DE FUMAÇA pra evitar admitir o ÓBVIO chega a ser constrangedora E safadinha também. XÔ ASSALTANTES DE FUNCIONÁRIOS PÚBLICOS QUE FAZEM EMPRÉSTIMOS CONSIGNADOS!!!

    ResponderExcluir
  5. É COMO DIZ O PROFESSOR RAFAEL BRASIL AO SE REFERIR A PETRALHADA LADRONA E SEUS PUXA-SACOS: O que ainda vão inventar?

    ResponderExcluir
  6. Que bonito em seu anonimo(03:49), seu negocio e defende quadrilha que rouba aposentados agora né....Essa é sua honestidade ne, seu babaca

    ResponderExcluir
  7. O esquema de desvio de recursos em contratos de crédito consignado a servidores, que levou à prisão do ex-ministro Paulo Bernardo, pode ser muito maior. Diversas prefeituras petralhas usam serviços de empresas semelhantes à Consist, pivô da fraude no Ministério do Planejamento. Como são remuneradas pelos bancos para gerenciar os empréstimos vinculados aos salários, não é preciso licitação. Quem conhece o setor diz que a relação de prefeitos petistas com essas empresas não é nada republicana. Vem aí novo foco de investigação do partido mais ladrão quer se tem conhecimento ao redor do mundo: PT...

    P.S.: - OS DESUMANOS PETRALHAS, LADRÕES DE APOSENTADOS E PENSIONISTAS... QUANTA MALDADE COM OS COITADOS DOS VELHINHOS!!!

    ResponderExcluir