sábado, 14 de maio de 2016

Todo o apoio (e os recursos) à Lava Jato - com O Antagonista



Alexandre de Moraes deu uma excelente entrevista ao Estadão.
Além de repetir que vai manter o diretor da PF no cargo, ele elogiou enfaticamente a Lava Jato.
ESTADÃO: Qual a sua avaliação sobre delação premiada, instrumento tão atacado na Lava Jato?
ALEXANDRE DE MORAES: Na Lava Jato, a delação premiada vem sendo utilizada sem problemas com a participação de todos os atores da área criminal, delegados, procuradores e juízes e podendo ser impugnada, posteriormente, pelos advogados.
ESTADÃO: Até onde vai a independência da Polícia Federal em sua gestão?
ALEXANDRE DE MORAES: A independência da Polícia Federal deve ser total, nos termos estabelecidos pela Constituição Federal, para que possam prosseguir com esse bom trabalho que vem sendo realizado.
ESTADÃO: O diretor geral da PF Leandro Daiello será mantido no cargo?
ALEXANDRE DE MORAES: O delegado Leandro Daiello será mantido, pois vem realizando um ótimo trabalho, é extremamente competente e republicano. Tivemos a oportunidade de atuar em algumas questões importantes para o Município de São Paulo, quando ele exercia a Superintendência e eu duas Secretarias da Capital e será uma satisfação trabalhar novamente com ele.
ESTADÃO: O sr. pensa em acompanhar pessoalmente os trabalhos da força-tarefa de Curitiba?
ALEXANDRE DE MORAES: Como Ministro da Justiça irei garantir todo o apoio e os recursos necessários para que essa importante operação continue em sua trilha exitosa, que foi pautada pelo inteligente, estratégico e competente trabalho dos policiais federais e membros do Ministério Público Federal.

Um comentário:

  1. A OPERAÇÃO LAVA JATO DEVA SOFRER UM IMPACTO MUITO GRANDE.OU MICHEL TEMER ACABA COM ELA OU A MESMA IRÁ ACABAR COM O SEU GOVERNO.TÁ TUDO ENVOLVIDO NESSE ESQUEMA DO SATANÁS.NINGUÉM ESCAPA GRAÇAS AO APOIO DO PSDB,DEM E PMDB DO EDUARDO CUNHA A LEGALIZAÇÃO DESSAS DOAÇÕES EMPRESARIAIS AOS PARTIDOS E AOS POLÍTICOS.

    ResponderExcluir