segunda-feira, 23 de maio de 2016

Déficit de R$ 170,5 bilhões pode ser até TRÊS VEZES MAIOR!


O rombo gigantesco, anunciado em coletiva pelos ministros Henrique Meirelles e Romero Jucá, não contempla as dívidas de órgãos como BNDES, Petrobras, Eletrobras e outros bancos públicos.
As informações são do UOL:
“Um relatório confidencial elaborado por grandes multinacionais que operam no Brasil, cujos consultores tiveram acessos a dados da gestão federal em várias frentes, circula entre empresários de alto estirpe e aponta um rombo três vezes maior que os R$ 170,5 bilhões anunciado ontem à noite pelo ministro da Fazenda, Henrique Meirelles.
O Governo não está contabilizando as perdas da administração indireta de grandes órgãos como BNDES, Petrobras, Eletrobras e bancos oficiais.
Na coletiva de ontem, os ministros Meirelles e Romero Jucá (Planejamento) deram uma amostra: reconheceram que os dados da Eletrobrás ainda são uma caixa preta.”

Nenhum comentário:

Postar um comentário