quarta-feira, 20 de abril de 2016

ESQUERDISTAS APOSTAM NO PIOR. NADA MAIS NATURAL - RAFAEL BRASIL



Os esquerdistas estão furiosos com a saída da presidente que posa  de democrata e defensora das instituições. Parece piada. Logo eles que sempre flertaram com o autoritarismo e totalitarismo, duas coisas do diabo.
A mentalidade revolucionária manda destruir, para um futuro melhor. O que definitivamente nunca deu certo antes ao contrário: Só ditaduras, regimes totalitários e uma centena de mortos genocidamente, no sangrento século XX , no dizer do historiador comunista Eric Hobsbawn, que não dedicou uma mísera linha sobre estes genocídios em suas obras. Simplesmente esqueceu, mas ideologia cega. 
Agora, praticamente apeado do poder, o partido busca a radicalização. Querem que o país afunde junto. De qualquer forma é um jeito meio canalha de se livrar das investigações da lava jato, tão demonizada pela militância e os "famosos intelequituais" acadêmicos. Todos dependentes das benesses estatais, de uma forma, ou de outra. Ou participando das boquinhas, como os artistas, ou por interesses meramente corporativos.
Vão sabortar ao máximo o governo Temer. E isto eles sabem fazer, mas o momento histórico é outro, aliás como dizia Marx a história não se repete. Aliás, Marx é bom quando dá uma escorregada no marxismo. Mas isso é outra conversa.
Vão fazer muita zoada, mas não tem credibilidade. No começo tinham a classe média, hoje tão demonizada pelos próprios "teóricos" petistas como a horrenda Marilena Chauí, dentre outras nulidades. Hoje não tem mais nada, além dos militantes tradicionais, a maioria fazendo parte do chamado estamento estatal, do alto, ao baixo clero.
Provavelmente dinheiro para a mortadela do lumpesinato faltará. Basta o governo cortar as verbas para este imenso mundo de vagabundos. É isso aí. O jogo está mudando, mas o esgoto foi devidamente desentupido pela própria canalha política. Afinal nem para este tipo de gente este governo servia mais. Que vão se danar!

Nenhum comentário:

Postar um comentário