sexta-feira, 29 de abril de 2016

Dilma acorrentada - com O Antagonista



Eliane Cantanhêde, do Estadão, disse que “há um temor, na oposição, de que Dilma articule um ‘gran finale’ para o processo de impeachment e para seus anos de governo. Algo como se acorrentar à mesa presidencial e forçar uma retirada à força do palácio. Algo teatral e dramático para ilustrar sua indignação, gerar imagens fortes e corroborar a narrativa do golpe”.
Acabou o rivotril?

Nenhum comentário:

Postar um comentário