quarta-feira, 13 de março de 2013

O PAPA É ARGENTINO

Quase ninguém acertou. O papa é argentino. Te cuida, Cristina Kichner. Certamente ele influenciará e muito a política portenha. A Argentina é um país que já foi riquíssimo. Desde o peronismo vem descendo ladeira abaixo. Todavia, ainda tem uma classe média de peso, mesmo com toda a decadência. Depois do peronismo com Perón, veio as crises de golpes de estado, a volta de Perón e a sobrevida do peronismo como movimento político. Tem peronismos de direita e de esquerda, todos revestidos de um anacrônico nacionalismo que tem levado o país às trevas. 
Veremos a influência de um papa conservador também aqui na América Latina, um dos principais redutos do catolicismo no mundo. Veremos a seguir o perfil do papa e as perspectivas do catolicismo na aldeia global, especialmente na América Latina, e por que não no Brasil?

Nenhum comentário:

Postar um comentário