quarta-feira, 12 de setembro de 2012

TARIFAS



O governo vai baixar as tarifas de energia elétrica. Descobriram que “nossa” energia elétrica é uma das mais caras do mundo. Da industrial a residencial. O problema não é o real custo da energia, mas os impostos. Bastou alguns cortes e a energia baixará, pelo menos para o povão, cerca de dezesseis por cento, uma boa economia. Na indústria, a meta é baratear os custos, aumentando a produção e equilibrando os preços (inflação). Como vimos, o grande problema da nação é o tamanho do estado.  Que é caro para a população, e ineficiente como prestador de serviços. Só é bom para as corporações, que ganham fortunas. E para os políticos ladrões de que o país está cheio.

IMPOSTOS

Seria bom a popularização da campanha contra os altos impostos. Nos Estados Unidos, um carro Jeep Cherokee custa cerca de 56 mil reais. No Brasil 150. Muitos brasileiros se encantam com os produtos baratos nos EUA. De cuecas a automóveis. Aqui tudo é relativamente caro, para, dentre outras coisas, sustentar ladrões, através do assalto ao estado, ou mesmo comprar parlamentares. Taí o mensalão, que muitos petistas quiseram apagar da história. E que Lula disse que nunca soube de nada. Em outras palavras, paga-se impostos em tudo no Brasil. Do pirulito ao computador. Ou  seja, para realmente crescermos temos que diminuir , e muito o tamanho do estado. Acabar com a brutal burocracia que tanto inferniza o povo, e abrir a economia. Por razões ideológicas, nem o PT nem Dilma vão fazer as reformas estruturadoras rumo ao capitalismo contemporâneo. Só maquilagem num ano eleitoral. Menos mal, é que vamos pagar menos pela eletricidade. Como sempre, na falta de bons cachorros, continuamos caçando com gatos. Mal e complicado. Faremos tudo, se muito, pela metade. Por  puro preconceito ideológico, Dilma não fará as reformas do estado. Mas, premida pelas circunstâncias da falência do modelo estatista em voga desde a ditadura militar, ela poderá começar o desmanche. O que já é alguma coisa. Vamos ver se as coisas acontecem. Se ela começar , já justificaria seu mandato.

ÉTICA POLÍTICA EM CAETÉS

As oposições estão dando um show de ética política. Seus movimentos são alegres, mostrando o entusiasmo da população,e, geralmente quase não se ataca ninguém. Afinal, todos sabem as maracutaias da oligarquia dominante no poder. Juntamente com centenas de militantes contratados pela prefeitura, estão tentando radicalizar a campanha que tudo indica está perdida. Seu candidato não tem o que dizer, a não ser “vote 40”. Ou vamos continuar o “estilo Zé da Luz de governar”. A campanha de Armando vem crescendo cada vez mais, mesmo com parcos recursos. O entusiasmo dos militantes e a vontade de mudança, cada vez mais contamina à população. Basta de corrupção e abandono. Viva Caetés. O povo está de parabéns.

PT EM PANDARECOS NO RECIFE

Pelo andar da carruagem, Humberto pode perder o segundo lugar, cedendo a vaga a Daniel Coelho, que poderá disputar um hipotético segundo turno na cidade. Digo hipotético, porque o poste de Eduardo, o ACM de Pernambuco, pode ganhar no primeiro turno. Lula não vem, pois detesta derrotado. Se os petistas estivessem na frente, ele viria pisar no pé dos outros, sobretudo do governador. Mas Humberto é mesmo ruim de urna, aliás um chato de galochas. Aliás, o PT está perdendo nas principais capitais. Como sempre, o ,lulismo se sebrepõe ao petismo. Menos mal. Melhor um demagogo no poder do que um  stalinista, comandando um partidão autoritário e ortodoxo. Tipo o bigodão Olivio Dutra, que quase acaba com o Rio Grande, e se notabilizou por deixar ACM levar a Ford para a Bahia.

ZEBRA

É difícil, mas seria bom que em Recife desse zebra com a vitória de Daniel Coelho. Não brinquem, pois o Recife é uma cidade rebelde, assim reza a história. Mas noves fora o sonho, o tal Geraldo deve ser mesmo eleito. Aí é que nosso coroné vai ficar de crista alta. Deixa ele se meter em eleições presidenciais, que logo logo, o escândalo dos precatórios virá novamente à tona. Alguém duvida? Sobretudo em relação ao relatório do banco central destinando à operação. Este relatório ninguém consegue apagar. É ainda o calcanhar de Aquiles de Eduardo, o coronézinho que quer ser presidente.

Um comentário:

  1. VAI SER LÁ e LÔ. ARMANDO DUARTE EM CAETÉS e SILVINO DUARTE EM GARANHUNS!!!

    ResponderExcluir