quinta-feira, 27 de outubro de 2011

O DIPLOMADO


Para o amigo Roberto Almeida, o fato de Lula ter sido diplomado com o título de “doutor honoris causa”em inúmeras universidades, sobretudo as estrangeiras, o torna imune de suas falcatruas, mentiras contumazes e conivência com a corrupção ,  que no Brasil estamos acostumados a ver. Pelo menos quem é minimamente informado, ou como no meu caso,  sou oposição, desde longa data ao populismo de plantão. Com muita honra, aliás. Se as universidades aconselham pular em um abismo, irei junto? Ironicamente, quem salvou Lula foi o velho capitalismo e a globalização, com o exponencial aumento de valor das comodittes no mercado global, sobretudo depois da expansão chinesa pós Mao, e do crescimento global durante o seu governo, e a manutenção das reformas dos governos Fernando Henrique. No momento em que escrevo, ele luta para manter os corruptos que “nomeou”, no governo de sua indicada. Será que muita gente realmente não vê essas coisas? São cegos, ou não querem ver? Que coisa!


ARGENTINA

País estranho a Argentina. Estranho e masoquista. Era um dos países mais ricos do mundo no pós guerra. Talvez o sexto. Sua economia, equivalia a duas  do Brasil. Perón e o populismo estragaram a festa, e ao longo de décadas de instabilidade política, o populismo colhe o que plantou. Agora realmente a Argentina tem muitos pobres para os políticos populistas fazerem proselitismo. Atualmente tem uma economia mais ou menos do tamanho da de Minas Gerais. Quem sustenta o populismo são as comodittes, que tiveram substancial alta nos mercados internacionais, sobretudo com a entrada da China. Como no Brasil, os setores primários carregam o barco, se bem que a nossa economia é bem mais diversificada, e o mercado interno é bem maior. O peronismo foi a  pior praga política do século XX para o país vizinho. Ainda continua fazendo estragos. Até quando?
   

Um comentário: