quinta-feira, 28 de julho de 2011

OPOSIÇÕES EM CAETÉS

Tenho dito e repetido, que as oposições de Caetés estão mais maduras, tendo hoje pelo menos quatro pré-candidatos consolidados. Neguinho, Lindolfo, Gordo e Armando. As pesquisas é vão indicar o candidato, ficando este livre para a escolha do vice. Tudo muito democrático, pois serão respeitadas todas as correntes de opinião. A união se dará por compromisso, que é de mudança radical na admistração da cidade. Hoje os candidatos deram um bom exemplo de unidade no programa da rádio jovem cap de Capoeiras, com uma entrevista coletiva, muito bem cnduzida pelo radialista Sulipa.  Já na rádio Guarani, da nossas cidade, oposição não tem vez. Quem apostar no racha, estará enganado. Do lado da situação, quando a casa cair, haja ratos correndo da barca furada.

FESTANÇA EM SÃO PAULO

Ainda é assunto em Caetés a festança que o prefeito promoveu em São Paulo. Quantas pessoas e quantos carros foram para uma cidade do interior paulista? Qual o nome da cidade? Quantos foram de avião? Quanto custou a festa e o regabofe? O povo quer saber: QUEM PAGOU A CONTA? Com a resposta, o excelentíssimo prefeito. Afinal , trata-se de uma festa peculiar, pois tavez tenha sido a única a ser feita em outro estado, patrocinada pelo nosso dinheiro. O meu, o seu, leitor, que somos os idiotas contribuintes de sempre. Abaixo as violência  a corrupção.

Um comentário:

  1. Bem-vindo de volta, Professor!
    O blog só fica completo com os seus textos. Eu apenas sirvo como paliativo, hehe. Espero que após a próxima eleição em Caetés, seja dada a oportunidade de outro grupo político mostrar novas ideias e ações para esse município. Não gosto de monocracia, de dinastia, como há em Caetés já há tempos. Quem perde é o povo com a falta de arejo, de novos rumos, afinal, ninguém detém o monopólio das ideias políticas. E sobre as gastanças, relembro o genial Milton Friedman: ''Não existe almoço grátis''.

    ResponderExcluir