quinta-feira, 9 de junho de 2011

ADMINISTRAÇÃO PETISTA

Para quem é petista de carteirinha, a hora é essa. Com Dilma , o petismo finalmente dá as cartas no governo.A grande maioria dos cargos são petistas, a orientação econômica pode ser mais, digamos heterodoxa, na falta de uma palavra melhor. Porém existem muitos problemas que demandam reformas estruturais ainda não iniciadas, outras não conclusas. Para a ideologia governamental são reformas "neo-liberais", perfeitamente dispensáveis num governo que se diz de esquerda. O Brasil precisa de rerormas profundas, não só para mudar, mas sobretudo para crescer mais. Reformas liberais e capitalistas. Além das mudanças necesárias na estruturas jurídica e política. Esta gente terá cxapacidade de unir os brasileiros rumo a estas reformas? Creio que não. Porém, vamos ver. Para mim o lulismo é um retrocesso. Econômico, político e ideológico.  Como todos os "ismos", vai acabar no ostracismo. É uma rima, não uma solução.

ELEIÇÕES MUNICIPAIS

Ano que vem, eleições municipais, uma das mais importantes da democracia. Candidatos e eleitores sempre estão mais próximos, como também mais próximos são os problemas. As articulações estão mornas, afinal só esquenta com o processo de escolha dos candidatos no ano que vem. Porém, nomes já existem, assim como também especulações. Aqui em Caetés deve ser Lindolfo. É certamente o mais forte para suceder a oligarquia que domina o poder há mais de vinte anos na cidade. Todos sabem que as oposições estão cada vez mais fortes. Enquanto isso, a corrupção campeia no município, enquanto os serviços se deterioram. Quase não tem mais médicos no município. A educação é uma desgraça e o prefgito é um laranja fantasma. Nunca aparece. A cidade está às moscas. Por isso é preciso mudar. Em Garanhuns, vamos ver se o candidato oposicionista conseguirá ganhar do rolo compressor governista, ou seja, Luís Carlos, Izaías-Armando Monteiro, mais o PT e o PSB. E qual será o candodato governista, já que Silvino será o da oposição? Veremos.

Um comentário:

  1. Professor, será que 2012 trará mudanças em Caetés? Seria bom que houvesse a alternãncia de poder, ideias novas...

    ResponderExcluir